Compartilhe essa Notícia:

A recém-nascida Maria Marcielly Rodrigues da Silva, nascida no 30 de dezembro de 2020, morreu após ter a clavícula quebrada no momento do parto, em Alto Alegre do Maranhão.

Inicialmente, em trabalho de parto, a mãe, Maria Patrícia, foi atendida no Hospital Professor Serra de Castro, em Lago da Pedra. Após ser levada para a sala de parto, sem nenhuma explicação, a mãe foi transferida para o hospital de Alto Alegre. O médico que a atendeu disse que ela não deveria ter sido transferida, mas terminou fazendo o parto.

Segundo Dory Lima, tia da recém-nascida, como a bebê chorava muito, fizeram um raio-x e deu uma lesão (clavícula quebrada). De Alto Alegre, a mãe foi encaminhada para o Materno Infantil em São Luís, e, em seguida, para o Socorrão I, onde foi feito novo raio-x. O médico do Socorrão I disse que isso era normal e que em 15 dias a clavícula ficaria no lugar.

“Deram uma receita e disseram para elas voltarem com 15 dias no Socorrão I para bater outro raio-x. Voltaram para Alto Alegre e a auxiliar de enfermagem que estava com elas na

ambulância disse para Patrícia dar de mamar para a neném. Mas, infelizmente, ela não pegava o peito. Em seguida a neném ficou quieta e acharam que ela estava dormindo. Ao olhar, viram que a nenem estava diferente e ficando roxa. Olharam as unhas e estavam roxas. Abriram os olhos e estavam parados. Colocaram no oxigênio, mas não adiantou mesmo fazendo reanimação. isso tudo durante a viagem de volta de São Luís pra Alto Alegre. Em Santa Rita, eles pararam, mas não adiantava mais porque a neném já havia falecido. De volta ao Hospital Regional de Alto Alegre, o médico constatou o óbito da criança” relata Dory.

No facebook, Dory Lima relatou todo o drama vivido pela família.

Comentários do Blogger

0 Comentários