Compartilhe essa Notícia:

Em entrevista ao programa Rasgando o Mapa, comandado pelo comunicador Damião Medeiros, da Rádio Boa Esperança do Mearim, o vice-prefeito de Esperantinópolis, Dr.Rogério Almeida (PCdoB), que também é pré-candidato a prefeito pela oposição, em uma entrevista esclarecedora e propositiva, trouxe informações relevantes que não eram de domínio público, por falta de transparência da atual gestão. Na oportunidade, Dr. Rogério teceu duras e certeiras crítica sobre a administração municipal. 

Uma informação que poucos conheciam revelada pelo vice-prefeito foi sobre uma emenda parlamentar direcionada pela deputada estadual Ana do Gás (PCdoB), e enviada pelo governador Flávio Dino (PCdoB), no valor de R$ 600 mil reais em setembro de 2018 para o fundo municipal de saúde de Esperantinópolis. Dias antes, na Câmara Municipal, o prefeito Aluisinho do Posto (PTB) criticou duramente a ex-parceira política Ana do Gás por, segundo ele, não ajudar o município. Como e onde foi aplicado esse recurso é uma incógnita total, mas a hoje deputada licenciada e secretária de Estado da Mulher contribuiu decisivamente com um valor considerável para a saúde do município, que hoje vive dias dramáticos em razão da pandemia. 

Dr. Rogério também cobrou com veemência a urgente implantação de barreiras sanitárias na entrada e saída da cidade de Esperantinópolis, com uma equipe treinada para abordagem e para conscientizar as pessoas sobre a necessidade do distanciamento social e os protocolos para, em caso de necessidade, sair de casa. A cobrança surtiu efeito e o prefeito instalou uma barreira na avenida Antônio Leal Arraes na segunda-feira. Uma medida tardia que só aconteceu devido ao alerta do vice-prefeito. 

Outro ponto alto da entrevista que Dr. Rogério concedeu foi em relação as poucas ações da prefeitura no combate e prevenção ao coronavírus (covid-19). Segundo o entrevistado que demonstrou conhecimento dos dados financeiros do município, o Governo Federal já repassou ao município mais de 200 mil reais para esta específica finalidade. Até então, apenas alguns cartazes foram colocados em alguns pontos e umas borrifações para desinfectar alguns logradouros públicos e pontos comerciais. Houve denúncia dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Endemias sobre a falta de equipamentos de proteção individual a esses profissionais que também estão na linha de frente nessa guerra contra o coronavírus. 

O tópico mais polêmico da entrevista foi quando Dr. Rogério afirmou que em Esperantinópolis há dois prefeitos: o prefeito de direito, escolhido pelo povo, que tomou posse em 1º de janeiro de 2017, e o prefeito de fato, que é a pessoa quem tudo determina em todas as áreas da gestão, principalmente na saúde por ser ex-secretário. Sobre este assunto polêmico, confira no vídeo abaixo a fala na íntegra do vice-prefeito Dr. Rogério:

Vídeo da entrevista:


Comentários do Blogger

0 Comentários