Neste sábado (1º), um juiz federal foi preso após discutir com funcionários e o dono da pousada em que estava hospedado no município de Santo Amaro, no interior do Maranhão.

O juiz, natural do Rio de Janeiro, apresentava sinal de embriaguez alcoólica ou algum tipo de entorpecente e direcionou ameaças contra o proprietário do local (entre elas, atirar contra o peito e a cabeça do dono), como citado no Boletim de Ocorrência.

Imagens do momento em que o juiz se encontrava alterado e discutindo contra os presentes no local foram registradas pelas câmeras de segurança do estabelecimento. Foi realizado o registro do Boletim de Ocorrência e ele foi preso, mas liberado logo após pagar a fiança.

Comentários do Blogger

0 Comentários