Compartilhe essa Notícia:



Desde o início da gestão da atual administração do município de São Roberto, Danielly Trabulsi, há um grande impasse entre a prefeita e a polícia militar do município.

Após sua posse, até a presente data, a prefeita não prestou nenhum auxílio para a PM do município. Além disso, um de seus primeiros atos foi usar de sua influência política para interferir na transferência no último dia (26) do renomado sargento Oliveira, que prestava serviço na cidade. Após a saída do sargento, o sargento Gutemberg passou a prestar serviço no município, onde segundo informações, já é cogitada a sua transferência, no intuito de trazer ao município o sargento Bezerra. Embora não seja responsabilidade das prefeituras municipais arcarem  ou até mesmo ajudar institucionalmente a polícia militar, a segurança pública é questão de políticas públicas para o município. 

No estado do Maranhão, a maior parte dos municípios mantém parceria com a polícia militar, onde cada prefeitura contribui com algumas das despesas como a alimentação dos PMs e o combustível para as viaturas, para auxiliar e aprimorar a segurança dos municípios, pois, a Cons­ti­tui­ção brasileira de fato determina que a se­gu­rança pública é dever do estado, mas assegura também que o assunto é “direito e responsabilidade de todos", uma questão de compromisso entre a gestão municipal e a população.

Esperamos que esse impasse se resolva logo, para que São Roberto não volte a ter índices de criminalidade altos como já foi em um passado antes do trabalho ferrenho realizado pelo Sargento Oliveira.

Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. Amigo se atualize pra poder posta no seu grupo não mentindo ou falando o q vc não sabe !se eu fosse a Danielle eu lhe processava !

    ResponderExcluir