Compartilhe essa Notícia:

ASCOM SSP

Expressando ações de resposta contra o crime de forma geral, a polícia Civil do Maranhão, por meio da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), realizou em menos de 48hs, cerca de 12 prisões na região metropolitana de São Luís. As prisões foram realizadas pelas delegacias distritais, especializadas e o apoio das seccionais, Norte, Sul, Leste e Oeste. A Superintendente da SPCC, a Delegada Viviane, destacou o esforço que a Polícia Civil vem desempenhando neste início do ano, para retirar criminosos das ruas e assim, proteger o cidadão de bem.

Somente meses primeiros dias do ano, a Polícia Civil em ações diretas pela SPCC e as delegacias da região metropolitana realizaram diversas operações visando dar cumprimento em Mandados de Prisões. Dentre eles foram presos até está quarta-feira (06), cerca de 12 acusados. Os criminosos foram presos por práticas de crimes diversos. A Superintendente da Capital, a Delegada Viviane Fontenelle, repassou que as ações estão sendo possíveis, devido ao reforço dado pelo Delegado Geral, Armando Pacheco, às delegacias seccionais; pois atualmente elas triplicaram o número de investigadores em cada seccional, o qual proporciona um apoio mais efetivo às unidades de polícia judiciária da capital. As Seccionais são coordenadas pelos Delegados: Carlos Damasceno, Paulo Artur, Henrique Mesquita e o Luciano

A Superintendente da SPCC salientou, que dentre as prisões destacadas nestes primeiros dias do ano estão a prisão realizada nesta segunda-feira (04), onde após investigações e monitoramento fora presa em flagrante delito, em São José de Ribamar, uma acusada pelo crime de tortura e associação criminosa armada. O crime ocorreu na Vila do Julinho, em São José de Ribamar/MA. A Superintendente da SPCC, indagou que a autuada atraiu a vítima para a presença de quatro homens de uma facção criminosa, para praticar a chamada “Punição” na vítima”, pois eles acreditavam que ela estaria passando informações para uma facção criminosa rival.

Em um matagal próximo, os quatro homens desferiram vários socos e pontapés, bem como rasparam o cabelo e sobrancelha da vítima. Em seguida a abandonaram, amarrada no local. Com o trabalho investigativo da Polícia Civil, pôde-se identificar os quatro executores do delito, que estão sendo procurados. Após os procedimentos de praxe, a presa fora encaminhada ao Sistema Penitenciário, onde ficará à disposição da Justiça.

Mais prisões pela Polícia Civil

Demais prisões foram realizadas pela Polícia Civil, contra o acusado pela prática de crime de estupro. O crime aconteceu no município de Raposa. A prisão aconteceu por intermédio da SPCC e a Seccional Norte, no início da manhã desta terça-feira (05) onde deu cumprimento o Mandado de Prisão por sentença condenatória de 09 anos e 04 meses de reclusão. A sentença fora de acordo com os autos do processo, pela Vara Única de Raposa-MA, em razão da prática do crime de estupro. O preso foi capturado em sua residência, localizada no Município citado, e após os procedimentos de praxe, fora encaminhado ao Sistema Penitenciário Pedrinhas / São Luís, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Prisão por roubo de motocicleta e tráfico de drogas

A SPCC, por meio da delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) e Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), ambas vinculadas ao SAISP OESTE, prenderam em flagrante delito, no bairro Vila Maresia, no município de Raposa, um homem suspeito de ter cometido um roubo e tráfico de drogas. No caso específico, uma vítima foi abordada por dois elementos armados no mês de novembro de 2020. Onde após anunciarem o assalto subtraíram sua motocicleta. Após investigações da DRFV, um dos elementos foi identificado e reconhecido pela vítima. Os políciais saíram em diligência no sentido de prender os acusados e recuperar a motocicleta.

Ao chegarem no local não encontraram a moto roubada, todavia, após breve campana, verificaram que o elemento estava na posse de substância entorpecente, além de uma arma de fogo, dinheiro e um computador MacBook. Em razão disso, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Além de continuarem as investigações com relação ao roubo da moto. O preso fora encaminhado ao complexo penitenciário de São Luís. Onde ficará à disposição da justiça.



Polícia Civil prende assaltantes das Lojas Americanas

A Polícia Civil do Maranhão, por meio da Delegacia de DRF e DRFV, vinculada à SPCC/SECCIONAL OESTE, deu cumprimento hoje (05/01/2020) à Mandados de Prisão Preventiva contra 03 (três) indivíduos suspeitos de cometerem roubo a Lojas Americanas do Bairro do Cohafuma. O crime ocorreu no dia 31/10/2020, por volta das 14h, na Av. Jeronimo de Albuquerque, quando 03 (três) assaltantes armados invadiram o estabelecimento, renderam funcionários e subtraíram diversos aparelhos celulares e equipamentos eletrônicos. A investigação conduzida pela DRF identificou os 03 (três) indivíduos participantes do crime, os quais tiveram suas prisões preventivas decretadas pelo poder judiciário e cumpridas no dia de hoje.

Prisão por não pagamento de PA

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da SPCC e a Seccional Norte no início da manhã desta segunda-feira (04), deu cumprimento ao Mandado de Prisão cível por dívida de alimentos (30 dias) em desfavor do acusado expedido pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, em razão da dívida de aproximadamente R$ 38.000,00 (trinta e oito mil reais) em alimentos. O nacional foi capturado no seu local de trabalho, em São Luís-MA, e após os procedimentos de praxe, fora encaminhado à Casa de Assistência ao Albergado e Egresso – CAAE, em São Luís-MA, onde permanecerá à disposição da Justiça.


Prisão por Lesão Corporal seguida de morte

Preso ainda, por intermédio da SPCC e Seccional Sul, na madrugada desta quarta-feira (06), um acusado no Bairro Pirâmide. A sentença se deu em razão da prática delitiva de Lesão Corporal seguida de morte, que condenou o réu a 05 anos e 06 meses de reclusão.

As cercas de 12 prisões destas últimas 48hs foram determinantes no sentido de fazer presente as ações da Polícia Civil na Região metropolitana de São Luís. Foram ações contra a criminalidade de forma geral, ocasionando em diversas prisões. A Polícia Civil do Maranhão disponibiliza do número de Whatsapp (98 98418-5661), para que a população possa realizar denúncias, sendo garantido o total sigilo do denunciante. 

Comentários do Blogger

0 Comentários