Compartilhe essa Notícia:


O cidadão Sebastião de Sousa (com S) Coelho, conhecido em Esperantinópolis como Ké, foi colocado em liberdade na manhã deste sábado, 17, em Pedreiras, após a concessão de alvará de soltura pelo juiz da 17ª Vara Criminal da cidade de Natal, capital do estado do Rio Grande, a pedido do advogado Monteiro Neto. 
]
O blog conversou com o advogado, o qual explicou que Ké foi preso por engano, no dia 26 de setembro passado, porque seu nome é parecido com o do réu Sebastião de Souza (com Z) Coelho, condenado pela Justiça da Comarca de Monte Alegre/RN pelo crime de tráfico de drogas. 

Dr. Monteiro também acrescentou que a prisão, mesmo sendo decorrente de erro judiciário, não pode ser rapidamente revogada, porque em casos assim a Justiça considera que o preso é realmente o condenado e só manda soltar depois de apurar, através de provas, que são mesmo pessoas diferentes. 

“Graças a Deus conseguimos provar que Ké não é a pessoa que foi condenada. De qualquer forma, a prisão foi injusta e meu cliente passou mais de vinte dias encarcerado em razão de um erro judiciário grave. Já na próxima semana vamos entrar com uma ação de indenização contra o Estado do Rio Grande do Norte, para que meu cliente seja indenizado por esse dano terrível que sofreu injustamente”, completou Dr.Monteiro Neto.




Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. Parabéns ao Dr. Monteiro, que contribui para que a justiça fosse feita! 👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼👏🏼

    ResponderExcluir