Compartilhe essa Notícia:
O jovem, Francisco Cardoso de Matos Júnior, nasceu no dia 06 de Dezembro de 1984, em Poção de Pedras. Filho de pais agricultores: Francisco Cardoso e Maria Alves, tem 4 irmãos. Júnior Aragão, como é conhecido hoje, casado coma professora e futura advogada Adriana Aragão, tem dois filhos e reside na comunidade Nova Jerusalém, porém, nasceu e cresceu no povoado Alegrias onde viveu toda a sua adolescência. Sua infância foi bastante humilde, teve que batalhar ainda criança, dividindo-se entre trabalho e estudo. Não possuindo boas condições financeiras na época, mas com muita determinação e vontade, decidiu estudar, hoje é graduado em Educação Física , teólogo e recém empresário e desempenha função eclesiástica de diácono na Assembleia de Deus, aonde encontrou seu porto seguro, foi subindo cada degrau lutando dia-a-dia. 

Junior começara sua jornada política ao lado da liderança Jhúlio Sousa. Sempre buscou junto com a sua comunidade avanços sociais, dentre estas, a abertura das ruas que antes eram apenas veredas, pavimentação que outrora era poeiras e buracos, iluminação elétrica, a retirado do matadouro que causava desconforto com odores insuportáveis, chegando a ser chamada pejorativamente sua comunidade de “vila urubu’’ , devido ao ambiente que era insalubre e hostil para se viver, sem conta na luta constante de formar uma associação de moradores hoje presidiada pelo Samuel e vice Júnior Aragão para conseguir melhor conquistas, buscou ainda incansavelmente levar incentivos ao esporte em parceria como o professor e administrados da escola El- shadai Jùnior, o mesmo ainda relata ao blog que a falta de água a mais de 12 anos foi o divisor de águas para a sua tomada de decisão em lutar pela renovação da câmera envelhecida de Poção de Pedras. 

Hoje busca por um desafio maior e, sem dúvidas, um dos maiores da sua vida, concorrendo a uma cadeira na Câmara Municipal Legislativa de Poção de Pedras, com o imenso desejo de contribuir para melhor representar, não só a comunidade onde reside, mas também o povoado Alegria e outras comunidades que já declararam parcerias, bem como toda a população poçãopedrense. 

Comentários do Blogger

2 Comentários

  1. Deveriam proibir esses evangélicos de participar de eleições política.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi com esse pensamento que o povo de Deus e de bem fugiu da política e o diabo tomou de conta.

      Excluir