Compartilhe essa Notícia:


Em face da repercussão nos grupos de Whatsapp nos últimos dias, o vice-prefeito de Esperantinópolis, Dr. Rogério Almeida, vem à público fazer os necessários esclarecimentos: 1) Que sempre respeitou e admirou o trabalho das igrejas evangélicas, especialmente em Esperantinópolis. São ações sociais relevantes e pregações do Evangelho que transformam vidas e mudam histórias. Essas são entidades de Deus na Terra que alcançam onde nenhum especialista pode chegar: na alma, trazendo consolo do Espírito Santo e libertação aos aprisionados pelo mal. Jamais atacaria as igrejas, que formam o corpo de Cristo; 2) Que nunca ofendeu lideranças evangélicas de qualquer denominação. Em Esperantinópolis, possui uma relação de amizade com pastores e demais obreiros, que são pessoas de boa índole e caráter ilibado. Que sempre esteve à disposição como parceiro dos pastores na realização nas suas atividades evangelísticas e sociais das igrejas, ao passo que repudia com veemência qualquer termo pejorativo e ofensivo que muitos se dirigem aos homens e mulheres de Deus que fazem com afinco a obra de Deus, atingindo a honra e a família das lideranças eclesiásticas; 3) Que reconhece seu erro ao, sem observar todo o conteúdo das mensagens encaminhadas de um grupo de Whatsapp a outro, acabou por disseminar uma ideia com a qual não comunga. E, com toda sinceridade, pede perdão pelo equívoco cometido que gerou mal estar. E não só por exercer um cargo público, mas também como cidadão, se retrata publicamente do compartilhamento precipitado; e 4) Também repudia a atitude baixa e vil dos oportunistas políticos de plantão, que vivem de disseminar contendas para tentar obter dividendos eleitorais.


 Esses que aproveitaram a ocasião para fazer ataques mais rasteiros possíveis só demonstram qual forma de debate que pretendem estabelecer, que em nada trará benefícios ao povo de Esperantinópolis. A boa política que sempre praticou continuará sendo o norte de sua trajetória pública. 

Vale a pena ressaltar que o vice-prefeito não foi o mentor, o originador do conteúdo que erroneamente compartilhou sem a devida observação do teor da mensagem, mas demonstra humildade ao se desculpar e admitir seu erro.

Comentários do Blogger

3 Comentários

  1. Errou mas fez bonito ao pedir desculpas a nós evangélicos e fez bem ao esclarecer.

    ResponderExcluir
  2. Não se pode debochar dos servos de Deus

    ResponderExcluir
  3. A CAGADA JA FOI FEITA, O HOMEM DIS O QUE PENSA . O PEDIDO DE DESCULPA É SO PRA FICAR BEM COM OS ATINGIDOS MAS NAO MUDA O QUE PENSA....OU TO ERRADO....

    ResponderExcluir