Compartilhe essa Notícia:


De acordo com o Decreto Municipal 021/2020, editado nesta terça-feira (12/05), os comércios e serviços não essenciais de Pedreiras deverão ser mantidos fechados, inclusive não permitindo que haja aberturas especiais para recebimento de carnês e boletos por parte dos lojistas, como forma de prevenir o alastramento da Covid-19.

Neste sentido, na manhã desta quarta-feira (13/05), a Prefeitura de Pedreiras por meio da Vigilância Sanitária e em parceria com a Guarda Municipal, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros realizou ações de fiscalização e orientação junto aos comerciantes, sobre o novo decreto em vigor.

A ação aconteceu na região do Mercado Central e na Avenida Rio Branco, onde foram encontrados vários comerciantes atendendo, mesmo mantendo apenas uma das portas abertas, e outras circunstâncias flagradas pelas equipes, coordenadas pelo secretário Municipal de Administração, Josué Oliveira.

"Nossa equipe está aí conversando e orientando os nossos empresários, pedindo a compreensão e temos certeza que todos irão aderir a esta decisão neste momento que sabemos que é muito difícil economicamente, mas sabemos que a saúde está acima de tudo e depois se recupera o prejuízo. Não espere que a polícia, a vigilância, o prefeito ou o vereador vá salvar sua vida, depende da consciência de cada um e peço a colaboração de todos para que se mantenham em casa", disse o prefeito Antônio França sobre a ação de fiscalização.

Um trabalho inicial de orientação e conscientização, não havendo a necessidade de intervenção policial em nenhum momento, com isso, o município busca dar cumprimento ao decreto que tem a finalidade principal de proteger o cidadão pedreirense, evitando aglomerações, mantendo os cuidados necessários para que não surja ainda maior quantidade de casos de pessoas infectadas pelo Novo Coronavírus.







Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. nao moro nessa cidade , mas passo de ves em quando, essa é uma das cidades mas movimentada que ja vi, as pessoas ficam amontoadas , nao tem educaçao, se o virus espalhar vai morrer metade do povo, ai nao tem distanciamento social, é tudo doido

    ResponderExcluir