Compartilhe essa Notícia:
Vídeo flagra momento em que criminosos invadem casa de gerente de banco em Caxias, no Maranhão — Foto: Reprodução
Policiais do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (Greco) prenderam, na manhã desta quinta-feira (30), dois homens suspeitos de sequestrar funcionários de agências bancária um homem de 51 anos natural de Barra do Corda, no Maranhão, e um rapaz de 28 anos, nascido em Teresina.

Segundo nota divulgada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Piauí, os homens são suspeitos do crime de extorsão mediante sequestro, modalidade conhecida como “sapatinho”. As prisões aconteceram na cidade de Timon, Maranhão, vizinha a Teresina.

Durante o cumprimento dos mandados de prisão e busca foram apreendidos maconha, balança de precisão e munições calibre 38. Os investigados devem responder pelo crime de extorsão mediante sequestro. O homem natural do Maranhão deles pode ainda responder por tráfico de drogas, já que é suspeito de vender entorpecentes em sua casa. Contra o suspeito natural de Teresina, os policiais cumpriram ainda um mandado de prisão por um homicídio.
Greco prende suspeitos do crime de extorsão mediante sequestro — Foto: Marcos Teixeira / TV Clube

Crimes frustrados

O crime investigado pela Polícia Civil do Piauí aconteceu no dia 17 de dezembro de 2019, em Teresina. A vítima foi o gerente de uma agência bancária da capital e sua família. "Eles usavam informações obtidas na casa das vítimas, observando o cotidiano das vítimas", comentou o delegado Thales Gomes, coordenador do Greco.

O gerente estava em um supermercado em Teresina quando foi sequestrado. "O gerente fez as compras normalmente, foi abordado logo que chegou ao seu carro e levado para a própria casa, onde estava sua família", explicou o delegado.

O plano dos criminosos era ficar durante toda a madrugada com a família como refém e cometer um roubo ao banco onde o gerente trabalhava pela manhã. Mas o gerente conseguiu convencer os dois criminosos de que ele não teria meios para ter acesso ao dinheiro do banco, já que era gerente do setor administrativo da agência.

"Nesse caso, o levantamento de informações deles falhou", disse o delegado. Convencidos, os dois criminosos teriam roubado diversos objetos da casa do gerente, e fugiram levando o carro da vítima.

No dia 7 de janeiro de 2020 os dois suspeitos foram identificados após tentarem cometer um crime semelhante, contra o gerente de uma agência bancária da cidade de Caxias, no Maranhão, a 77 km de Teresina. Na ocasião, os dois homens aproveitaram o momento em que a vítima chegava em casa para invadir o local. Ao tentar abordar o gerente, os criminosos chegaram a fazer um disparo com arma de fogo e fugiram em seguida, sem conseguir concluir o crime.
Operação infiltrados é realizada pela Greco — Foto: Junior Feitosa/ G1

Comentários do Blogger

0 Comentários