Compartilhe essa Notícia:
Procurado pela Polícia Civil do Distrito Federal como suspeito do assassinato da cabeleireira Sandra Maria Sousa Moraes, em Vicente Pires (DF), o pedreiro Danilo Moraes Gomes que é irmão da vítima, foi condenado pela Justiça do Maranhão por um crime semelhante. Até recentemente, ele estava preso no Complexo Penitenciário de Pedrinhas (MA), onde cumpria pena por estupro e latrocínio, conforme consta no site do Tribunal de Justiça do estado.

Segundo o delegado titular da 38ª Delegacia de Polícia (Vicente Pires), Yury Fernandes, Danilo teria matado uma mulher no Maranhão, enforcando-a com um fio de telefone. Antes, de acordo com a Justiça do Maranhão, o pedreiro estuprou a vítima. A data desse crime não foi revelada, assim como outros detalhes. Ainda de acordo com o delegado Fernandes, o pedreiro fugiu da cadeia maranhense.
Danilo Moraes Gomes é suspeito de matar a irmã, e já foi acusado por homicídio e estupro no estado do Maranhão — Foto: Tv Globo/ Reprodução
O caso chamou atenção dos investigadores da 38ª DP, que apuram a morte de Sandra Maria (foto abaixo). O corpo da cabeleireira de 39 anos foi encontrado na tarde desta segunda-feira (25/11/2019), em uma área do Assentamento 26 de Setembro, em Vicente Pires. Ela estava enterrada, com um fio de telefone enrolado no pescoço. A polícia acredita que ela foi morta no sábado (23/11/2019).

Os investigadores estão à procura de Danilo, o principal suspeito de cometer o crime, que teria sido motivado por uma disputa de lote no 26 de Setembro. O delegado Yury Fernandes pedirá a prisão do suspeito.

Comentários do Blogger

0 Comentários