Compartilhe essa Notícia:

Hoje (19), a mãe de um adolescente procurou a polícia militar de São Raimundo do Doca Bezerra para denunciar um professor da rede de ensino do município, por assédio sexual contra seu filho, de 14 anos de idade.

Segundo relatos do adolescente de iniciais E.S.C.O. o assédio aconteceu na noite de ontem (18), próximo a quadra de esporte da cidade, após o professor de nome Flávio, ofereceu uma carona em sua motocicleta, durante o percurso, o professor propôs que eles namorassem e lhe ofereceu um bola em troca, porém ele não aceitou, o educador continuou insistindo, e chegou a passar a mão nas suas partes íntimas e também lhe ofereceu dinheiro, mas o garoto recusou qualquer investida do homem. Ao chegar em casa o adolescente relatou o fato a sua mãe que decidiu procurar a polícia.

O professor foi localizado pela polícia em escola em que estava dando aula e em seguida foi conduzido à delegacia de polícia civil de Esperantinópolis, em depoimento, Flávio disse que as acusações são falsas e que ele é inocente.

Caso sejam comprovadas as acusações o professor poderá pegar de 1 a 5 anos de reclusão pelo Art. 215-A. Praticar contra alguém e sem a sua anuência ato libidinoso com o objetivo de satisfazer a própria lascívia ou a de terceiro. 

Lembrando que Flávio não está sendo acusado por estupro e sim por assédio. O caso está sendo acompanhado pelo conselho tutelar de São Raimundo do Doca Bezerra.

Comentários do Blogger

3 Comentários

  1. Dos PTralhas não se pode esperar mais nada

    ResponderExcluir
  2. Isso eh desespero por Lula tá preso e pelo partido dos PTralhas está sendo extinto todos os PTralhas estão no modo desespero só isso

    ResponderExcluir
  3. Quer deixar um PTralha nervoso diz que vão abrir a caixa preta do BNDES e a morte de Celso Daniel aí vcs verão PTralhas querendo o fim do mundo

    ResponderExcluir