Compartilhe essa Notícia:

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite desta terça-feira, 17, que a presença de mulheres como candidatas laranjas para fraudar a cota mínima deve levar à cassação de toda a chapa eleitoral, com a perda do mandato dos eleitos.

Segundo o jornalista Felipe Amorim, do UOL, a decisão pode significar um precedente a ser aplicado pelo TSE em casos de candidaturas laranjas em todo o país, como nas investigações que atingem a campanha de chapas do PSL em Minas Gerais e Pernambuco.

A decisão foi tomada por quatro votos a três, em processo que julgou o caso de candidatas laranjas em coligação para o cargo de vereador na cidade de Valença do Piauí (PI).


Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. Em esperantinopolis Teve vários laranjas inclusive a professora que nunca pisou numa sala de aula de aula mulher do atual prefeito só o MP não ver.

    ResponderExcluir