Compartilhe essa Notícia:
Foto: Reprodução/Facebook. Na foto, Manoela D'Avila e e

O ESTADO MA


De autoria do deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), o Projeto de Lei (PL) nº 3369/2015 reconhece como família “todas as formas de união entre duas ou mais pessoas“, e “independente de consanguinidade”. Batizado de Projeto Poliamor, a inciativa do comunista defende a possibilidade dois ou mais relacionamentos simultâneos, que englobam afeto e sexo. O projeto deve ser votado em Comissão da Câmara de Deputados em Brasília (DF) na próxima quarta-feira.

Veja o texto na íntegra:

Art. 1º Esta lei institui o Estatuto das Famílias do Século XXI.
Parágrafo único. O Estatuto das Famílias do Século XXI prevê princípios mínimos para a atuação do Poder Público em matéria de relações familiares.

Art. 2º São reconhecidas como famílias todas as formas de união entre duas ou mais pessoas que para este fim se constituam e que se baseiem no amor, na socioafetividade, independentemente de consanguinidade, gênero, orientação sexual,
nacionalidade, credo ou raça, incluindo seus filhos ou pessoas que assim sejam consideradas.
Parágrafo único. O Poder Público proverá reconhecimento formal e garantirá todos os direitos decorrentes da constituição de famílias na forma definida no caput.

Art. 3º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Deputado ORLANDO SILVA

A nova lei irá legalizar casamentos que podem incluir, por exemplo, um pais com seu filho, o pai com a filha, mãe com a filha, mãe com um filho, ou qualquer combinação entre pais e filhos. Na prática, qualquer agrupamento de pessoas passa a ser reconhecido como família.

A votação do projeto na Comissão de Direitos Humanos e Minoria (CDHM) está prevista para a próxima quarta-feira (21/08). O PL pretende instituir o “Estatuto das Famílias do Século XXI”.

Comentários do Blogger

7 Comentários

  1. Os PTralhas querem induzir o ser humano a fazer tudo que a Biblia abomina quem acompanha esses canalhas também estão sobre o efeito demoniaco que os PTralhas disseminaram caiam foram dessa armadilha meus amigos isso é coisa do demônio abominação é pecado mortal e em alguns paises até crime é fujam dessa armadilha enquanto é tempo .

    ResponderExcluir
  2. Abominação demoniaca dos PTralhas canalhas sai dessa galera vamos ficar com o que está escrito na biblia e expulsar esses demônios dos PTralhas de nossas vidas para sempre

    ResponderExcluir
  3. Adeus PTralhas canalhas ninguém cai nessa armadilha de que vcs são a favor da família a Bíblia tem que ser respeitada aquilo é um livro sagrado que vcs PTralhas não respeitam homem casa com mulher e ponto final.seus canalhas

    ResponderExcluir
  4. Estão induzindo o abuso de pais contra filhas

    ResponderExcluir
  5. Essa aberração tem que ser barrada no congresso bscnacio. Isso é uma infâmia contra os princípios cristãos, contra nossos valores judaico-cristãos e contra a família tradicional. Deus nos livre de mais essa aberração desses pseudo comunistas.

    ResponderExcluir
  6. Fim do mundo mesmo!! Falta de vergonha e principalmente falta de Deus, bando de ateus e idiotas isso sim, em vez de lutar pelo bem da nação, só piora a situação.

    ResponderExcluir
  7. Ainda Tem gente de bem iludido com esses políticos do mal essa gente que quer empurrar a força o descontrole das famílias com certeza são pessoas de mal intenção é tudo contra aquilo que é bíblico isso pra eles não faz sentido políticos desses partidos que querem a abominação devem ser retaliado nas urnas a família é homem e mulher com os filhos isso sim é a base da sociedade.

    ResponderExcluir