Compartilhe essa Notícia:
Casal troca alianças durante casamento comunitário em Grajaú
O Estádio Municipal de Grajaú foi o palco da celebração comunitária da união civil de 200 casais da cidade, realizada pelo Poder Judiciário da comarca, em parceria com o 2º Ofício Extrajudicial e a Prefeitura Municipal, na noite de quinta-feira, dia 22 de agosto. A cerimônia concretizou o sonho dos casais por meio do Projeto “Casamentos Comunitários” – edição 2019, promovido pela Corregedoria Geral da Justiça e realizado na cidade pela 2ª Vara da comarca.

O campo de futebol foi adornado com uma decoração especial para receber os 15 juízes de direito de diversas comarcas que atuaram como celebrantes e os 400 noivos, dentre eles jovens que iniciaram a relação conjugal, bem como idosos que já vivem em união estável, incluindo casais indígenas que moram na região. Os matrimônios foram celebrados a caráter para alguns casais, com traje típico , buquê e troca de alianças.

A parceria com a Prefeitura Municipal permitiu transformar o campo de futebol em salão de festa, com cerimonial de recepção aos noivos, mesa diretora, painel e bolo decorativos, tapete vermelho, e orquestra para receber as autoridades, os noivos, seus familiares e demais convidados.

Durante a solenidade, o juiz da 2ª Vara, Alexandre Arrais Sobrinho, manifestou a satisfação em poder proporcionar esse momento Às famílias e destacou os benefícios que o Projeto “Casamento Comunitário” proporciona. “As famílias têm os direitos resguardados, não só sucessórios, mas também para fins previdenciários, além de ser um ato de amor entre os casais”, ressaltou o magistrado, que presidiu a cerimônia.

O desembargado do Tribunal de Justiça, João Santana Sousa, natural de Grajaú, participou da cerimônia e elogiou o projeto mantido pela Corregedoria Geral da Justiça, responsável pela união de milhares de casais, desde 1998. E o bispo de Grajaú, Dom Rubival Cabral Britto, abençoou os casais. A solenidade também contou com a presença do prefeito Mercial Arruda; do secretário de desenvolvimento social, Sérgio Limeira, e representante do cartório. Os noivos receberam a Certidão de Casamento no ato da celebração.

Celebraram os matrimônios os juízes Carlos Coelho Sousa; Bruno Andrade Miranda; André Ewerton Martins; Isaac Sousa e Silva; Alessandro Arrais Pereira; Ana Carvalho Maia; Adolfo Fonseca Neto; Delvan Tavares Oliveira; Carlos Saraiva Saldanha e Sílvio Alves Nascimento.

José Benedito, 74 anos, e Rosa Améila, se casaram na Igreja em 1979, e 40 anos depois, decidiram oficializaram a união pelo projeto “Casamentos Comunitários”. Reinaldo Feitosa e Marciane Santos, os mais jovens da cerimônia, decidiram aproveitar o benefício da gratuidade da união civil, para o casamento civil.

Comentários do Blogger

0 Comentários