Compartilhe essa Notícia:

 Investimentos do governo foram intensificados desde o início da pandemia (Foto: Márcio Sampaio)

Mesmo antes da confirmação do primeiro caso da Covid-19 no estado, em 20 de março de 2020, o Governo do Maranhão já vinha atuando no combate ao novo coronavírus. Um ano depois, o poder público estadual segue investindo em ações de enfrentamento e na assistência aos pacientes com a doença, com ampliação de leitos exclusivos, incentivo a ações preventivas, fiscalizações em estabelecimentos comerciais, esforço para a aquisição de imunizantes, entre outras ações e iniciativas.

“Estamos nesta luta há mais de um ano e vivemos agora o pior cenário da pandemia. Apesar do tempo, seguimos incansáveis na luta para prestar assistência aos pacientes e salvar vidas. O Governo não tem medido esforços no combate ao novo coronavírus, ao longo do último ano ampliamos a testagem, intensificamos as fiscalizações e aumentamos o número de leitos exclusivos, tanto clínicos quanto de UTI”, pontua o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.
Leitos foram ampliadas neste período (Foto: Márcio Sampaio)
No último ano, foram entregues, por exemplo, 12 unidades de saúde, entre elas, o Hospital de Cuidados Intensivos, o Hospital de Campanha de Pedreiras, os hospitais regionais de Lago da Pedra, Santa Luzia do Paruá e Viana; além do Hospital Municipal de Carolina, Hospital Dr. Genésio Rêgo, Hospital Dr. Raimundo Lima, Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Paço do Lumiar, Policlínica do Cohatrac, Policlínica de Santa Inês, Hospital da Criança em Colinas e Policlínica de Presidente Dutra.

Além da abertura de novos leitos, o poder público estadual tem investido em ações de fiscalização e orientação em estabelecimentos comerciais. Ao longo de um ano, foram realizadas 6.798 ações, que seguem sendo executadas. Foram lavrados 5.721 Termos de Fiscalizações; 1.201 Termos de Intimação, exigindo o cumprimento de diretrizes sanitárias de enfrentamento a Covid-19; 217 Autos de Infração, 60 multas e 16 interdições sanitárias. Em 2021, os investimentos continuam.
Fiscalizações em estabelecimentos comerciais (Foto: Márcio Sampaio)
Neste ano, o Governo do Maranhão abriu quase 800 leitos exclusivos para pacientes com a Covid-19, entre leitos de UTI e enfermaria. Outro importante avanço na luta contra o coronavírus foi a assinatura de contrato para a aquisição de 4,582 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. Caso não haja interesse do Ministério da Saúde em adquirir as doses compradas pelos estados, o primeiro lote da Sputnik V deve chegar ao Maranhão em abril.
Hospital Regional de Santa Luzia do Paruá (Foto: Márcio Sampaio)

O Governo também investiu e investe em testagem para diagnóstico da doença. Já foram realizados mais de meio milhão de testes desde a entrega do primeiro Centro de Testagem no estado, e também do país, em 16 de março de 2020. Outras iniciativas como drives-thrus de testagem e ambulatórios também ampliaram a oferta de testes à população. Os Inquéritos Sorológicos, pesquisas aliadas aos testes, ajudaram o poder público estadual a avaliar o cenário da pandemia em dois momentos e a traçar estratégias de enfrentamento.    

Drive-thru de testagem rápida para Covid-19 (Foto: Márcio Sampaio)
Com os esforços, o Maranhão tem sido reconhecido nacionalmente como um dos Estados que melhor têm enfrentado a pandemia. “Temos uma das menores taxas de letalidade do país e, apesar de estarmos enfrentando um momento difícil, acredito que, com o esforço de todos, os cuidados e a imunização, podemos vencer essa guerra”, complementa o secretário de estado da Saúde.

Comentários do Blogger

0 Comentários