Compartilhe essa Notícia:

 

Servidores da rede estadual de saúde já estão sendo imunizados (Foto: Márcio Sampaio)
O Governo do Estado iniciou, nesta terça-feira (19), a vacinação de profissionais de saúde da rede estadual que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus (Covid-19). Ao levar a vacinação ao local de trabalho dos profissionais, o Governo visa a segurança dos profissionais e evita a aglomeração em outros ambientes, auxiliando o Município de São Luís, que executa a vacinação. 

Os primeiros imunizados integram a equipe do Hospital Dr. Raimundo Lima, unidade que faz parte da rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES), um dos 13 equipamentos inaugurados para o enfrentamento da doença no Maranhão.

“Fizemos questão de começar a imunização no Hospital Dr. Raimundo Lima, unidade que recebeu o nome do médico da nossa rede que infelizmente foi uma das vítimas da Covid. Por isso, nada mais simbólico e justo do que começar a vacinação dos nossos profissionais aqui. Queremos que isso tenha significado real, onde o medo dê lugar à esperança, quando em breve substituiremos o ‘vamos vencer’, por ‘enfim, vencemos’”, disse o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula. 

No Hospital Dr. Raimundo Lima, 214 profissionais foram vacinados, entre os que atuam nas UTIs e enfermarias, como também na parte administrativa. A unidade é referência para pacientes diagnosticados com a Covid-19.

De acordo com o diretor clínico do Hospital Dr. Raimundo Lima, Thiago Medeiros, a vacina é um alento diante do trabalho incessante que se tem realizado. “Para nós, é um pontapé inicial e espero dentro em breve colher os bons frutos. A vacinação vem com o grande intuito de tentar reduzir o nível de internações e, consequentemente, os agravos decorrentes da doença”, destacou. 

A primeira funcionária imunizada do hospital foi a técnica de enfermagem Raimunda Lima, que descreveu o momento como sendo de grande emoção. “Espero que isso possa dar força para outras pessoas, incentivando-as a se vacinarem. Eu só tenho a agradecer e agora é aguardar a segunda etapa da dose”, compartilhou.

Comentários do Blogger

0 Comentários