Compartilhe essa Notícia:




A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Vitorino Freire, na terça-feira 01/12/2020, deu cumprimento a um Mandado de prisão preventiva contra um casal pela prática dos crimes de ESTUPRO DE VULNERÁVEL - art. 217-A c/c 226, CPB.

O homem preso é suspeito de estuprar suas enteadas (crianças), crimes estes sabidos e aceitos pela mãe das vítimas.

O acusado chegou a dizer ao delegado que as crianças às vezes que o assediavam ele quando o mesmo chegava do serviço e queriam tirar a sua roupa.

A cerca de um mês o caso vinha sendo investigado pela Polícia Civil, após denúncia do Conselho Tutelar, da cidade. O que mais chocou a sociedade e a polícia, é que a mãe das crianças sabia e nada fazia.

No exame de conjunção carnal realizado em Timon/MA, foi constatado que as crianças não eram mais virgens.

De acordo com o delegado, as crianças contaram todos os abusos com riqueza de detalhes. Em um dos abusos sexuais o autor chegou a embriagar as crianças e cometer o ato sexual, esse assistido pela própria mãe.

As crianças têm entre 09 e 11 anos.

O Inquérito Policial já foi concluído e remetido à justiça. Autoridade policial representou pela prisão de ambos e foi concedida a prisão preventiva.

“Uma mãe tem o deve de zelo para com a criança (Filhos). Ela tem o dever de proteção para com a criança, e ela foi omissa!”, disse Rildo Portela.

Ambos foram encaminhados ao sistema penitenciário; ele para o Presídio de Piratininga e ela para o Presídio Feminino de Pedrinhas, onde ficarão à disposição da Justiça.

Comentários do Blogger

0 Comentários