Compartilhe essa Notícia:



Nesta sexta-feira (16), o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) realizou uma eleição simulada na cidade de Lima Campos, para avaliar como funcionará o plano de segurança no processo de votação e também analisar a atuação de eleitores e mesários. Cerca de 200 eleitores das 9 seções eleitorais da Unidade Integrada Arthur Azevedo, participaram da simulação.


De acordo com o presidente do TRE-MA, desembargador Tyrone José Silva, durante a ação, que também objetivou avaliar as ações do plano de segurança sanitária contra a pandemia da Covid-19, foi possível realizar medições do tempo de habilitação e do voto.

“Avalio com muita satisfação, de forma positiva, essa experiência informativa, bem como devem ser realizadas nas eleições em nosso estado. Alguns detalhes que precisavam ser ajustados, nós aqui constatamos. A questão do tempo médio de votação, quanto tempo cada eleitor terá para votar, a dinâmica do trabalho dos mesários, como se dará o acesso dos eleitores até as cabines, assinatura no caderno de votação, na leitura dos documentos. Então foi uma experiência extraordinária que vai ajudar demais o nosso trabalho nas eleições”, relata.

A simulação com os eleitores foi realizada entre as 7h e 12h e até às 17h somente os funcionários participarão do processo de conclusão da eleição, transmitindo votos e encerrando a eleição. De acordo com o TRE, o município foi escolhido por apresentar um baixo índice de infecção pelo novo coronavírus, com menos de mil casos notificados da doença.

Para a eleitora Lenir Gomes, participar da simulação foi de grande importância, porque permite que as pessoas saibam o que fazer no dia da eleição. “Eu vim porque como coletamos a biometria, precisava saber como iria funcionar o procedimento esse ano, tendo em vista a pandemia do novo coronavírus e a questão do distanciamento. Achei super válida a simulação, porque nós tivemos a chance de observar como fazer no dia das eleições. E pra cá, trouxe meu álcool gel em minha bolsa, minha própria caneta pra evitar o contágio da doença”, afirma Lenir.

Na urna foram escolhidos candidatos fictícios e os servidores do TRE-MA estiveram disponíveis para esclarecer as principais dúvidas dos eleitores que participaram da simulação.

Para o o secretário Gualter Lopes, um dos principais objetivos é analisar os impactos das medidas sanitárias para evitar propagação da Covid-19. “A eleição simulada de Lima Campos tem como objetivo analisar o impacto do fluxo sanitário que foi colocado na votação dos eleitores. Nós contamos com os eleitores do colégio Arthur Azevedo, vamos também testar o funcionamento das urnas eletrônicas até às 17h, já que o horário das eleições foi estendido esse ano”, comenta.

Comentários do Blogger

0 Comentários