Compartilhe essa Notícia:
Em depoimento prestado voluntariamente no dia 14 deste na Delegacia de Polícia Civil de Bacabal, o motorista Daniel Alves de Castro disse que não constituiu os advogados Ricardo Luna e Jamile Lobo no caso que ele se envolveu em um acidente e acabou no desentendimento entre o major PM e o casal de advogados.
No dia 11 deste mês, em um sábado, Castro contou que havia batido com seu carro numa moto, quando apareceram uma viatura e os advogados e em seguida o major Daniel Kraeky que ordenou a condução do motorista. O casal de advogados interferiu no caso, alegando que havia sido constituído pelo motorista.
O resultado foi uma confusão, tendo os advogados registrados queixa contra a militar por abuso de autoridade. O major foi exonerado ontem pelo Comando Geral da PM do cargo de subcomandante do 15º BPM de Bacabal.
O motorista disse que foi procurado pelos advogados para dizer que os constituiu na defesa e informou que os militares é quem foram agredidos pelo casal.
Confira abaixo o depoimento:
Blog do Luis Cardoso

Comentários do Blogger

0 Comentários