Compartilhe essa Notícia:

O paciente é um jovem de 19 anos, acadêmico de direito em Teresina (PI).
Segundo a Secretária de Saúde de Pedreiras, Karen Cynthya, o paciente está sob observação, aguardando resultado do exame que deverá chegar neste sábado (21).
A secretária enviou uma nota ao Blog, explicando sobre o caso.

Atualização realizada em 20 de março de 2020 as 19:57h
A Secretaria Municipal de Saúde (SEMUS) de Pedreiras, monitora neste momento um caso suspeito do Novo Coronavírus (COVID-19), Sexo masculino, 19 anos, acadêmico de direito em Teresina – PI, residente de Pedreiras, atendido no Hospital Municipal e Maternidade de Pedreiras (HMGMP), nesta tarde de 20/03/2020, com quadro de infecções de vias aéreas superiores semelhante ao resfriado e tosse, apresenta critérios epidemiológico de contato próximo de caso confirmado de coronavírus (COVID-19) no estado de Teresina – PI.
Em conformidade com os critérios de definição de caso suspeito preconizado pelo Ministério da Saúde, foi realizada na data vigente, de coleta de Swabs de Nasofaringe (SNF) e Orofaringe (SOF), para posterior recebimento de amostra ao LACEN-MA na manhã de 21/03/2020.
O paciente após avaliação médica é considerado caso leve, contudo por precaução, irá permanecer em observação para realização de demais exames de rotina e de imagem.
No momento Pedreiras possui apenas esse caso suspeito.

Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. isso é só o começo. ainda tem muita maranhense espalhado pelo brasil ,como são paulo e rio de janeiro,logo logo vai chegar nas cidades pequenas e com muita força. ta na hora do governador fecha todas as rodovias federais e estaduais. quem ja veio que fique isolado,quem ainda não e pensa vim pra sua cidade natal. fica ai mesmo,não seja irresponsável.
    todo começa assim, um suspeito e depois um infectado.sou de esperantinopolis e sei que tem muita gente da qui que mora em são luis e pretendem vim pra cá,fica ai mesmo seus miseráveis,por que não vieram antes ?. seus porras. a policia devia fecha a serra do giquiri e deixa essas pessoas no meio do tempo em quarentena.

    ResponderExcluir