Compartilhe essa Notícia:
Um senhor foi notificado como suspeito por novo coronavírus e orientado, junto com a esposa, a fazer o isolamento domiciliar. Ocorre, porém, que a mulher dele de nome Delma Soares Guimarães não vem cumprindo o combinado e desfrutando do convívio social entre as pessoas, correndo risco de contribuir para a proliferação do Covid-19, caso seu resultado seja positivo. 
O Ministério Público de Porto Franco entrou na Justiça com um pedido de cumprimento de ordem legal. A juíza Alessandra Lima Silva determinou que a esposa fique, assim, como o marido, confinada na sua residência, sob pena de pagamento de multa da ordem de R$ 5 mil mensais. Confira abaixo a ordem judicial:


 Blog do Luis Cardos

Comentários do Blogger

1 Comentários