Compartilhe essa Notícia:



Nesta terça-feira (21), a Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Polícia de Pedreiras, deu cumprimento ao mandado de prisão em desfavor do esperantinopense.

A determinação foi exaurida pelo juiz de Esperantinópolis, nos autos do processo nº 0000001-19.2010.8.10.0086, que está em segredo de Justiça.

Ildeardson Oliveira foi condenado pela prática do crime de estupro de vulnerável. Ele é acusado de ter mantido conjunção carnal ou prática de ato libidinoso com uma menor de 13 anos portadora de deficiência, na cidade de Esperantinópolis. Ele foi condenado com base no artigo 217-A do Código Penal.

O acusado será submetido a exame de corpo de delito. Em seguida, ele será encaminhado para o presídio de Pedreiras.

Comentários do Blogger

0 Comentários