Compartilhe essa Notícia:
Um filho de um casal evangélico, vendedor de picolé é humilhado enquanto trabalhava com eu produtos. A situação humilda família tem comovido o meio gospel e o famoso cantor Naldo Benny, que já se declarou cristão informou em seu Instagram que vai auxiliar a família.

Segundo a postagem do Naldo Benny feita em seu Instagram, ele marcou o cantor sertanejo Gusttavo Lima, pois afirmou que se inspirou no cantor sertanejo que reformou a casa de uma família carente.

O vídeo do garoto vendendo geladinho comoveu a todos os brasileiros. Ele chorando muito após ser humilhado por adolescentes tem repercutido desde o dia 5 de de setembro, nas redes sociais. Na gravação o menino Adão Nunes de Souza de 14 anos, de Grajaú Maranhão, chora enquanto tentava vender o picolé com uma caixa de isopor nas mãos e uma bicicleta.

Nas imagens do filho de pais evangélicos, os adolescentes debocham dele com uma cédula de dois reais. A repercussão deste triste acontecimento sensibilizou milhares de pessoas inclusive do meio gospel que se dispuseram a ajudar Adão de diversas formas.

Ajuda foi comprando os geladinhos ou doando alimentos, roupas e dinheiro a simples família de Adão. Moram na casa ele, a mãe, o padrasto e mais seis irmãos. O que chamou a atenção depois do acontecido, foi o ato de policiais que foram até a casa do menino, para apoiar e consolar o garoto após tomarem conhecimento do caso.

“Não precisa ter vergonha de trabalhar não. Você é um exemplo para todo mundo. Todo mundo vai comer agora o ‘cremosinho’ e vamos pagar”, diz um policial no trecho do vídeo.

Os policiais juntaram todo o dinheiro que eles tinham em seus bolsos e entregaram para ajudá-lo. Um grupo de jovens evangélicos também esteve na casa do menino prestando apoio e louvaram “Raridade do Cantor Anderson Freire.

Comentários do Blogger

0 Comentários