Compartilhe essa Notícia:
Resultado de imagem para feminicídio

Delegacia da Mulher recomenda que as vítimas de agressões procurem ajuda, como forma de proteger a própria vida

Os 32 casos foram registrados desde janeiro deste ano. Cinco a mais do que o mesmo período no ano passado.

Um levantamento realizado pela Delegacia da Mulher, aponta que em todos os casos de feminicídio no Maranhão, a mulher não havia procurado a ajuda da polícia.

A coordenadora das delegacias da mulher, Kamuzi Tanaka, explica que as vítimas desse tipo de crime evitam pedir ajuda por vergonha e até o medo de serem mortas. 

A Patrulha Maria da Penha foi criada em 2017 no Maranhão. 

A delegada Kamuzi recomenda que as mulheres procurem ajuda, já que a medida protetiva, determinada pela Justiça, pode evitar o feminicídio. 

Em dois anos, mais de 4 mil mulheres já foram atendidas, média de 20 por dia. 88 homens foram presos porque descumpriram a ordem judicial.

Comentários do Blogger

0 Comentários