Compartilhe essa Notícia:

Um grupo de homens fortemente armados disfarçados de policiais federais invadiu o terminal de cargas do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, na tarde desta quinta-feira (25). A quadrilha roubou 718,9 quilos de ouro, montante avaliado em US$ 29,2 milhões (cerca R$ 110,2 milhões), segundo a Polícia Civil.
Os oito homens entraram no aeroporto com duas viaturas clonadas da Polícia Federal, sem placas, uma modelo Triton e a outra, uma Pajero Dakar. Eles estavam com roupas de policiais federais, distintivos, encapuzados, com pistolas, fuzil e carabinas.
Segundo informações iniciais da polícia, um carro ficou na portaria e o outro entrou no terminal de cargas. Câmeras de segurança registraram a ação dentro do terminal.
Os criminosos mantiveram o encarregado de despacho e a família dele refém na noite anterior e assim tiveram acesso a informações privilegiadas.
Após a fuga, as viaturas clonadas foram abandonadas no Jardim Pantanal, na Zona Leste de São Paulo, os ladrões entraram em uma caminhonete S-10 e utilizaram uma ambulância para transporte da carga roubada.
A carga estava indo para Toronto, no Canadá, e Nova York, nos Estados Unidos.
Inicialmente foi informado que os criminosos levaram 750 kg de ouro. O boletim de ocorrência registrado pela Polícia Civil, porém, indica que o total roubado foi de 718,9 kg do metal.

Investigação

O Departamento de Investigações Criminais (Deic) assumiu a ocorrência. Policiais fizeram a perícia nos carros abandonados e recolheram impressões digitais.
A GRU Airport, concessionária responsável pelo Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos afirmou que o roubo não prejudica o embarque e desembarque de passageiros, e que não houve tiroteio, nem feridos.
A Brink’s informou que “está colaborando com as autoridades competentes para apuração do ocorrido”.

Comentários do Blogger

0 Comentários