Denuncie

Servidores do INSS de Pedreiras e Bacabal são alvos de investigação pela PF.

quarta-feira, 15 de maio de 2019

Compartilhe esta Notícia


A operação Grande Família, deflagrada pela Polícia Federal, prendeu dois servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) na manhã desta quarta-feira (15) em Teresina. A ação policial cumpre mandados judiciais também no Maranhão contra uma quadrilha especializada em falsificar benefícios previdenciários de segurados falecidos.

A organização criminosa atuava há cinco anos em Teresina e nos município de Bacabal e Pedreiras no Maranhão.

Segundo a Polícia Federal, foram cumpridos 21 mandados de prisão preventiva. Além das prisões, foram realizados 31 mandados de busca e apreensão, inclusive em uma residência na zona Leste onde foram encontradas três armas de fogos e que servia de escritório para a quadrilha. 

O coordenador da Operação e delegado da Delegacia de Repressão a Crimes Previdenciários, Lucimar Sobral Neto, explicou como atuavam os estelionatários. 

“Essa fraude investigada, basicamente, se resume no recebimento do benefício após o óbito dos beneficiários. Os beneficiários verdadeiros falecem, essa quadrilha consegue identificar essas pessoas que falecerem e falsificam RG, documentos civis, comprovantes de residência e transferem esse benefício do Maranhão para Teresina. Aqui, continuam recebendo normalmente esse benefício. Foi uma fraude na manutenção desse benefício porque, em tese, são concedidos de forma legal”, esclarece o delegado. 

De acordo com o Serviço de Inteligência do INSS, os 639 benefícios fraudulentos representam um prejuízo superior a R$ 26 milhões para os cofres públicos. Se a ação dos estelionatários continuasse, o valor do desvio chegaria a mais de R$ 80 milhões. 

Ainda segundo o coordenador da Operação, delegado Lucimar Sobral Neto, alguns integrantes da associação criminosa já haviam sido presos em operações anteriores realizadas no estado do Maranhão. Os chefes da quadrilha fazem parte da família com sete pessoas que foi presa e nomeou a ação da Polícia Federal realizada nesta manhã. 

Os investigados deverão responder pelos crimes de associação criminosa, estelionato qualificado, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção passiva e corrupção ativa.  
Sede da Polícia Federal em Teresina
Lucimar Sobral Neto 
Material apreendido na Operação Grande Família
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

29 comentários :

  1. Unknown disse... :

    Aqui em pedreiras Tem um monte de pessoas com pose de rico onde desfilam de carro importado e tem apartamento em São Luís que valem mais de um milhão de reais, e os que necessitam da aposentadoria não conseguem se aposentar.

  1. Anônimo disse... :

    Deviam mostrar as fotos dos estelionatários.

  1. Anônimo disse... :

    Tá sabendo de mais kkkk

  1. Anônimo disse... :

    Ahhhhhhhh...quando isso vai chegar a Esperantinópolis??? Tem uma turma turma aqui que ficou rica com essas fraudes. São políticos, advogados e seus gente previdenciários. Quando um idoso procura o INSS ou quem tem direito a qualquer benefício, eles dizem que só resolve com advogado. Essa máfia envolve muita gente...aqui todos nós conhecemos os envolvidos, menos a polícia federal...

  1. Anônimo disse... :

    Tenho certeza que a polícia federal muito em breve irá amanhecer o dia em Lago dos Rodrigues, para buscar o chefe da quadrilha que saqueou os cofres da prefeitura durante 8 anos, vamos só aguardar

  1. Anônimo disse... :

    Pedreiras está cheia!

  1. Anônimo disse... :

    Vdd. Mas a polícia só vem se houver uma denúncia, caso contrário como eles saberão?

  1. Anônimo disse... :

    Se está operação passa aqui em bom Lugar kkk

  1. Anônimo disse... :

    Em bom lugar tá cheio, começando pelo presidente da Câmara, vereador Neto Medeiros. Se a polícia quiser é só ir na casa dele, tem um escritório montado na sua residência

  1. Adeilson disse... :

    Sem noção esse blog. Essa notícia não tem nada a ver com Bacabal. Ele copiou de outro site e alterou o título para seu blog. Muito fraco.

  1. Unknown disse... :

    Em Pedreiras e Bacabal não houve servidor preso!! De onde saiu esse informação???

  1. Anônimo disse... :

    Pura verdade

  1. Anônimo disse... :

    Sou de pedreiras minha mãe era pra receber o benefício dela em 2009 só q ela não recebeu até ano passado i hoje ... ano passado e q foi descobrimos q os advogados q moram em Santa Rosa q é município de capinzal do norte -MA estavam recebendo o dinheiro dela..rezaram minha mãe ..uma quadrilha só não sei como eles conseguiram passar tantos anos recebendo uma coisa q não era deles..i até agora minha mãe não consegue resolver isso.i ela não tá recebendo ainda nada .ainda acho q eles tão recebendo ...deveriam começar com eles lá também...

  1. Anônimo disse... :

    Ao contrário do que informa o título não foram presos servidores do Maranhão nessa operação. O que pode ser comprovado pela entrevista do delegado

  1. Anônimo disse... :

    Ao contrário do que informa o título não foram presos servidores do Maranhão nessa operação. O que pode ser comprovado pela entrevista do delegado

  1. Anônimo disse... :

    http://www.previdencia.gov.br/2019/05/operacao-da-forca-tarefa-prende-21-pessoas-no-maranhao-e-no-piaui/

  1. Anônimo disse... :

    Bote nomes.

  1. Anônimo disse... :

    Tem gente por aí... por a.... que o c. não cabe um fio de belo só de medo.

  1. Anônimo disse... :

    Ta dizendo a notícia as prisões foram em Teresina

  1. Anônimo disse... :

    Se em Pedreiras, não foi ninguém preso, essa operação foi muito mal conduzida.

  1. Anônimo disse... :

    Isso acontece porque esse país nao pune bandido, não tem leis que deixa um assassino desse preso 30 anos e trabalhando dentro da cadeia para garantir seu sustento e tome tudo que ele roubou
    Pergunta esses vagabundos se eles querem roubar um traficante, eles nunca fará isso porque já sabem o destino.
    Sou um trabalhador honesto e junto, fico indignado com essas leis que não pune os bandidos desse país

    Pra vocês verem, esses políticos falam que a previdência tá quebrada, tá quebrada nada é só acabar com essa bandidagem

  1. Anônimo disse... :

    Pedreiras tá cheio de bandido na famosa fraude do cartão do aposentado, Bolsonaro e Sérgio avante Brasil

  1. Anônimo disse... :

    Vejo a hora casa cai aqui em pedreiras monte de gente que usua dinheiro roubada pra viajar luxa compra carro moto do ano
    Um dia casa cai

  1. Anônimo disse... :

    Vejo a hora casa cai aqui em pedreiras monte de gente que usua dinheiro roubada pra viajar luxa compra carro moto do ano
    Um dia casa cai

  1. Anônimo disse... :

    Igarapé Grande Ta do mesmo jeito a Polícia federal Ta chegando gente recebendo auxílio cem ter nada.fica esperto pai gente cem vergonha a hora de vocês vai chegar.

  1. Anônimo disse... :

    Acho que todas essas denúncias devem ser enviadas para Brasília /DF aí o negócio vai pegar
    e temos que denunciá mesmo

  1. Anônimo disse... :

    Acho que todas essas denúncias devem ser enviadas para Brasília /DF aí o negócio vai pegar
    e temos que denunciá mesmo

  1. Anônimo disse... :

    Bota esse ladroes na cadeia mesmo

  1. Anônimo disse... :

    Isso que eles fazem não é fraude. É imoral. Pode ser considerado roubo, mas a vítima no caso é o beneficiário que consegue a aposentadoria e que tem que repassar todo o valor acunaldo recebido e ainda fazer um empréstimo pra pagar o advogado que diz se nao for feito isso, sera cancelado o benefício. Parece que isso pratica de um advogado do poder executivo de Esperantinópolis.

Postar um comentário