Denuncie

PDT, PCdoB e PSB confirmam bloco de oposição a Bolsonaro sem incluir o PT

quinta-feira, 20 de dezembro de 2018

Compartilhe esta Notícia

PDT. Bolsonaro ironizou formação do bloco, que reunirá 37 deputados na próxima legislatura

Como já haviam sinalizado no final de outubro, depois das eleições presidenciais, as bancadas do PDT, do PCdoB e do PSB na Câmara confirmaram nesta quinta-feira (20) a formação de um bloco de oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) a partir de 1º de janeiro de 2019. O agrupamento oposicionista não incluirá o PT, para efeitos regimentais, como também já estava pré-definido.

Os propósitos dos três partidos, segundo suas lideranças, são "a luta em defesa de democracia, dos direitos sociais e em favor de ideias e propostas de interesse do Brasil". Líder do PT na Câmara, André Figueiredo (CE) resumiu os termos da nota (imagem abaixo) divulgada hoje (quinta, 20) por meio do Twitter e demais redes sociais.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

5 comentários :

  1. Anônimo disse... :

    Partidos lixo do Brasil fora canalhas

  1. Anônimo disse... :

    So os idiotas e imbecis pra acompanhar esses vermes

  1. Anônimo disse... :

    Adeus turminha da facção criminosa dos PTralhas


  1. Anônimo disse... :

    Adeus turminha da facção criminosa dos PTralhas


  1. Anônimo disse... :

    A PATROL DO BOLSONARO, juntamente com os seus aliados da primeira e da segunda hora (turno), no Congresso nacional e a força bélica dos congressistas militares eleitos via votação popular direta, isso é: Com o apoio da população brasileira, civis, com mais de 57 milhões de votos, será mais que suficiente para varrer os ptralhas e seus aliados.

Postar um comentário