Compartilhe essa Notícia:


Para fortalecer a segurança alimentar no Maranhão a Sedes realiza o segundo encontro de gestores municipais entre os dias 27 e 28 de outubro. O objetivo é capacitar as Câmaras Interministeriais de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisans) Municipais para garantir a efetivação das políticas públicas integrada à Caisan Estadual. 

A importância do encontro é oferecer condições para que as Caisans Municipais possuam seus planos municipais de segurança alimentar, evidenciando o papel de cada secretaria dento da política de segurança alimentar e, dessa forma, elaborar um plano intersetorial. A conferência de abertura realizada nesta terça-feira (27) contou com uma mesa de diálogo, cuja temática foi: “O desenvolvimento sustentável e a Política de SAN, sob a ótica da agenda 2030”.

Para o secretário de Desenvolvimento Social (Sedes), Márcio Honaiser, o encontro oportuniza ações nesses municípios, voltadas para segurança alimentar e nutricional. “A política de segurança alimentar é uma política humana, em que nós podemos ajudar realmente aqueles que mais precisam, não adianta pensar em qualquer coisa no mundo pois se as pessoas não se alimentarem, não vão ter saúde, não vão ter disposição de sobreviver”, disse.

“O governador, Flávio Dino tem sido um grande parceiro dessa política, tanto que quando ele assumiu, eram apenas seis restaurantes, e hoje já passamos de 50, ou seja, em tão pouco tempo se criou a maior rede de restaurantes populares, em que só perdemos para São Paulo; isso mostra nosso compromisso. Eram somente 11 municípios adesos e hoje já são 69”, enumerou.

“Nossa meta foi bem acima do que nós tínhamos planejado e eu tenho certeza que, com esse empenho, pelo menos 50% dos municípios vão estar fazendo parte da política nacional de segurança alimentar do Sistema Nacional”, frisou Honaiser.

O secretário destacou ainda o intuito do evento. “O encontro das Caisans Municipais capacita e dá as diretrizes e todos os encaminhamentos necessários para que eles possam implementar as Câmaras Interministerias de Segurança Alimentar e Nutricional. O evento é realizado no sentido de fazer com que as Caisans assumam seu papel dentro do município, tanto no planejamento, na execução e no monitoramento da política de segurança alimentar e nutricional”. 

Quarenta e quatro municípios formam convidados para praticar do encontro, entre eles: Aldeias Altas, Alto Parnaíba, Araioses, Balsas, Barra do Corda, Belágua, Bom Jesus das Selvas, Buriticupu, Cândido Mendes, Codó, Davinópolis, Fernando Falcão, Gov. Newton Bello, Imperatriz, Jenipapo dos Vieiras, Joselândia, Junco do Maranhão, Lago do Junco, Lagoa do Mato, Lagoa Grande, Lima Campos, Maracaçumé, Matões, Matões do Norte, Milagres do Maranhão, Mirador, Nova Iorque, Olinda Nova, Passagem Franca, Pedro do Rosário, Pindaré Mirim, Pio XII, Santa Filomena, Santa Helena, Santa Inês, São Francisco do Maranhão, São João do Sóter, São Mateus, São Pedro dos Crentes, Satubinha, Senador La Roque, Serrano do Maranhão, Tufilândia e Vargem grande.

A secretária adjunta de Segurança Alimentar da Sedes, Lourvidia Caldas, reforça que esse é a segunda edição do encontro, uma continuação do primeiro, que foi realizado na Semana Mundial de Alimentação. “Nós procuramos sempre trabalhar com os municípios que já fizeram a adesão ao Sistema Nacional de Segurança Alimentar ou que pelo menos estejam em processo. Uma vez que esses municípios já possuem oficialmente e legalmente suas Caisans implantadas, então eles já têm condições de implementar a política no município. Este encontro fortalece essas Caisans”, disse Lourvidia.

Comentários do Blogger

0 Comentários