Compartilhe essa Notícia:
Prefeito de Trizidela do Vale e o diretor do Hospital Tibério Nunes

Prefeito de Trizidela do Vale e o diretor do Hospital Tibério Nunes 

O prefeito da cidade de Trizidela do Vale, no Maranhão, Fred Maia, acompanhado por uma equipe médica, realizou visita ao Hospital Regional Tibério Nunes, em Floriano, nessa segunda-feira (25), para conhecer o tratamento realizado com a cloroquina em pacientes diagnosticados com a Covid-19.

Em um vídeo divulgado após a visita, o prefeito Fred Maia explica que a equipe foi conhecer o procedimento realizado no Hospital Tibério Nunes, que segundo ele, tem salvado vidas, se referindo aos pacientes com a Covid-19.
“Nós estamos aqui em Floriano, na presença do doutor Justino, que é diretor clínico do Hospital Tibério Nunes, que vem transformando o tratamento de Covid-19 no Brasil. Mas por ser do Piauí, e mais do Nordeste, então se encontra muitas barreiras. Tudo que o doutor Justino tá passando aqui pra gente, algumas coisas a gente já vem fazendo aí em Trizidela do Vale, e vamos fazer muito mais com esse apoio que o doutor Justino deu pra gente”, comenta o prefeito de Trizidela.

Um dos médicos que participou da visita ao Hospital de Floriano relata que mesmo com os 25 anos de experiência na área, ficou “maravilhado” com a forma que a equipe do Hospital Tibério Nunes tem salvado vidas, e afirma que a meta é levar as medidas para as cidade de Trizidela do Vale e Pedreiras.

“Eu tenho 25 anos de experiência médica, experiência grande em infectologia e saio, nesse momento, maravilhado, extasiado com a experiência extremamente produtiva de salvar vidas que o doutor Justino nos passou agora. A gente nunca sabe de tudo. A nossa luta no momento é para salvar vidas, evitar perder vidas, é uma luta contra a morte e nós levaremos essa experiência positiva para Trizidela, para Pedreiras e com certeza salvaremos muitas vidas da nossa gente”, relata um dos médicos. 

Para o Viagora, o diretor técnico do Hospital Regional Tibério Nunes, Justino Moreira, disse que o método usado pela equipa no tratamento de pacientes com a Covid-19 tem chamado atenção, e relata que devido ao uso de medicamentos como a cloroquina e azitromicina nos primeiros sintomas, somente 20% dos leitos de UTI da unidade estão ocupados. 

“Muitos gestores e médicos buscam saber da experiência de Floriano. Temos ótimos resultados com taxas de ocupação de 20% dos leitos de UIT. Tratamento precoce na atenção básica com cloroquina e azitromicina. E tratamento hospitalar com corticoterapia e anticoagulacao. Adotamos protocolos de Madri, na Espanha, com muito sucesso”, relata o direto do Hospital Tibério Nunes.

Comentários do Blogger

0 Comentários