Compartilhe essa Notícia:

Aquisição de veículos para o PAA é prioridade do Governo (Foto: Divulgação)
Com o objetivo de fortalecer a Política de Segurança Alimentar do Maranhão, o Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), iniciou a entrega de 16 caminhões para municípios que fazem parte do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) modalidade mista. Os veículos irão auxiliar na comercialização de produtos de agricultores familiares locais.

O secretário Márcio Honaiser explicou que a aquisição dos veículos faz parte do plano de prioridades do Governo do Estado, que é a garantia de segurança alimentar para os maranhenses.

“Está é uma das várias ações que estamos executando para melhorar a segurança alimentar do Maranhão. Além da ampliação de restaurantes populares, distribuição de leite para famílias em vulnerabilidade social e entidades filantrópicas, através do PAA Leite, adquirimos os caminhões que irão ajudar os agricultores familiares de 16 municípios maranhenses a comercializarem os seus produtos, garantindo assim o movimento da economia local e alimento de qualidade para a população”, disse o secretário.

Através de um convênio com aporte de R$ 3,4 milhões, firmado com o Ministério da Cidadania e o Governo do Maranhão no ano de 2018, o município de Lagoa Grande foi o primeiro município a receber o veículo. Os 15 municípios restantes receberão ao longo desta semana. 

Para o prefeito Francisco Freitas, o veículo chegou em um importante momento de manter a segurança e a higiene dos alimentos que serão consumidos.

“Em meio a pandemia, onde os cuidados com a higiene dos alimentos precisam ter um cuidado redobrado, é importante para a nossa cidade um veículo que facilite a vida dos nossos agricultores e do transporte dos produtos que serão comercializados. Estamos felizes e gratos por esse presente”, disse o prefeito.

O PAA tem a finalidade de promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar. Para isso, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.

Comentários do Blogger

0 Comentários