Compartilhe essa Notícia:
Tropas da Força Nacional chegam a Terra Indígenas Cana Brava, em Jenipapo dos Vieiras — Foto: Erisvaldo Santos
A Polícia Rodoviária do Maranhão (PRF-MA) e a Força Nacional prenderam nessa sexta-feira (31) três homens, sendo dois deles indígenas, por suspeita de assaltar um caminhoneiro que trafegava na BR-226, na Terra Indígena Cana Brava, localizada em Jenipapo dos Vieiras, a 506 km de São Luís. A região é a mesma onde dois caciques foram mortos durante atentado em dezembro de 2019.

O caminhoneiro realizou uma denúncia à polícia que iniciou uma série de buscas na região, até localizar os suspeitos dentro da reserva indígena. O trio foi preso em flagrante. Com eles, foram apreendidos a quantia de R$ 450, um celular e pertences da vítima.

De acordo com a PRF, o celular da vítima havia sido enterrado para que não fossem levantadas suspeitas sobre o assalto. Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Barra do Corda, para prestar depoimento. O caso será investigado pela Polícia Civil do Maranhão (PC-MA).

Comentários do Blogger

0 Comentários