Compartilhe essa Notícia:
.As ações do governo estadual no primeiro ano do segundo mandato representam somente 20% do que o governador Flávio Dino (PCdoB) se comprometeu em fazer durante as eleições de 2018. Segundo o levantamento do site G1, a gestão comunista deixou de cumprir a maioria do que prometeu para justificar sua reeleição.
Dos 58 itens do seu programa de governo, Dino cumpriu somente 13 pontos, 23 foram cumpridos em parte e 20 não saíram do papel.
Áreas mais sensíveis no levantamento do G1 são: Educação, Saúde, Infraestrutura e Habitação. Nesta última, do que foi posto em seu programa de governo, nada foi cumprido.
Devido aos números nada favoráveis, Dino desta vez não quis comentar os dados expostos pelo site. Se limitou somente a destacar a área que parece ter avançado mais no seu segundo mandato, que foi a Segurança Pública, quando relacionado o que foi prometido e o que está em andamento ou foi cumprido.
Fora isto, a administração estadual demonstra que o comandante do Maranhão está mais preocupado com o seu projeto político pessoal de ser um nome de destaque na sucessão presidencial em 2022 do que colocar o estado pra funcionar e reduzir os índices complicados de extrema pobreza e de desemprego oriundo dos últimos quatro anos da gestão comunista no Maranhão.
Ainda falta muito para Flávio Dino cumprir os pontos que ele se comprometeu, na Justiça Eleitoral, que faria se reeleito fosse.
A sociedade precisa ficar de olho e cobrar do seu governante que tudo seja cumprido. Que cada ponto dos 58 propostos no plano de governo se tornem realidade.
Não há espaço para desculpas. Caso contrário, Dino mais uma vez demonstrará que se compromete em fazer o que não tem condições de cumprir.
Estado Maior

Comentários do Blogger

0 Comentários