Compartilhe essa Notícia:

Oficial de Justiça posa pra fotos na homenagem prestada por colegas do Fórum de Vitorino Freire
Oficial de Justiça posa pra fotos na homenagem prestada por colegas do Fórum de Vitorino Freire

Magistrados e servidores do Judiciário de Vitorino Freire se reuniram na quarta-feira, 2, para homenagear o servidor Milton Gomes do Nascimento, 61 anos, que completou 40 anos de serviço como oficial de Justiça. O salão do júri do fórum recebeu uma ornamentação especial para celebrar a passagem da data, com entrega de placa, discursos e recepção para o homenageado e seus familiares,organizada pelos colegas de trabalho, na hora do almoço.

O servidor, natural de Olho D'Água das Cunhãs, tem ensino médio. Deixou a lida na roça aos 21 anos e ingressou no Judiciário local por indicação do vizinho, tabelião Leônidas Cerqueira, já falecido, marido de uma colega de escola. Foi trabalhar com a então juíza Maria Cecília Penha da Silva, que depois foi transferida pra Chapadinha, onde veio a falecer. Na época, ele trabalhou por um ano sem receber salário, até conseguir uma nomeação, em fevereiro de 1980, assinada pelo governador do Estado, João Castelo. Hoje, é casado, tem sete filhos, 15 netos e dois bisnetos e segue entregando as ordens judiciais.

Ele disse não ter palavras para explicar a emoção de estar diante dos juízes e dos colegas, e da “surpresa” que lhe prepararam. “Eu não esperava. Eu não tinha ideia de quando completasse 40 anos de carreira, tivesse uma homenagem dessa... Ao longo desse tempo passei muitas dificuldades, mas aprendi muita coisa. O trabalho não é fácil. O município é muito grande e o acesso é difícil. Andei muito de animal, de moto e completei percurso a pé... Mas foi muito bom esse tempo todo trabalhando na Justiça. Foi bom demais!”, disse, satisfeito.

“Seu Milton” cumpre uma média de 60 mandados judiciais por mês, em Vitorino Freire – sede; Altamira e Brejo de Areia – termos, dependendo da demanda processual. O seu empenho e dedicação ao serviço foram reconhecidos publicamente pelos juízes Rômulo Lago e Cruz (1ª Vara) e Hevelane da Costa Albuquerque (Juíza Substituta – 2ª Vara), durante a homenagem.

Na presença da família do homenageado, o juiz Rômulo lhe entregou uma placa de agradecimento. A juíza Hevelane, um caderno decorado com mensagens de congratulações feitas à mão por todos os servidores da comarca. Ele recebeu, ainda, uma caneca de presente dos colegas. Uma servidora discursou em nome dos demais, lembrando a sua trajetória profissional. “Foi um reconhecimento ao serviço prestado e à simplicidade, humildade, paciência e dedicação com que ele realiza o seu trabalho”, disse a juíza.

“Senhor Milton é uma grande figura humana. Ele reúne todos os requisitos de um excelente oficial de Justiça - presteza, agilidade, dedicação e discrição - assim como de um homem digno de respeito e admiração. Com seu estilo conciliador, espalha harmonia por todos os lugares onde chega e por isso é prestigiado é reconhecido. Parabéns pelos 40 anos a serviço do Judiciário Maranhense e da população de nossa comarca”, ressaltou o juiz.

Comentários do Blogger

1 Comentários

  1. UM BRASILEIRO COMO ESSE AÍ, MERECE TODO O NOSSO RESPEITO E ADMIRAÇÃO E DEVE SERVIR DE EXEMPLO PARA MUITOS QUE QUEREM UM PAÍS MELHOR. PARABÉNS!

    ResponderExcluir