Compartilhe essa Notícia:

A Eneva vai investir mais R$ 470 milhões na expansão de complexo de energia instalado no Maranhão. A empresa anunciou o aporte via nota enviada ao governador Flávio Dino, após vencer o leilão de energia nova A-6 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), na última sexta (18).

A expansão será no projeto Parnaíba VI, que representa o fechamento de ciclo de Parnaíba III, e o objetivo é ampliar a capacidade de geração de energia com mais eficiência. O início da obra está previsto para 2022. Com o projeto, instalado no Complexo Parnaíba, em Santo Antônio dos Lopes, serão gerados mais 70 MW de energia. Segundo a empresa, o fornecimento do gás será integrado e garantido por meio de suas concessões na Bacia do Parnaíba.

Com a expansão, a empresa vai atingir até 2025 uma capacidade instalada de 2,8 GW. Com negócios complementares em geração de energia elétrica e exploração e produção de hidrocarbonetos e um parque térmico de 2,2 GW de capacidade instalada em operação e 500 MW em construção, a Eneva equivale a 11% da capacidade térmica a gás natural instalada no País. Além disso, é a maior operadora privada de gás natural do Brasil e opera mais de 38 mil km² de área na Bacia do Parnaíba.

No mês passado, a empresa arrematou todos os 6 blocos que disputou no primeiro ciclo da rodada da Oferta Permanente da Agência Nacional do Petróleo (ANP), demonstrando a continuidade dos trabalhos de busca por novas áreas produtoras. Desde o início de sua operação no Estado, há seis anos, já foram investidos mais de R$ 8 bilhões no Maranhão. Além do aporte para esta nova obra, a Eneva prevê investir outros R$ 1 bilhão nos próximos cinco anos para pesquisa e produção de gás natural.

jornalpequeno.com.br

Comentários do Blogger

0 Comentários