Compartilhe essa Notícia:


Um russo foi resgatado em um estado de mumificação após passar 1 mês como refém de um urso dentro de uma caverna. Identificado apenas como Alexander, a vítima disse que estava na região de Tuva, na fronteitra com a Mongólia, quando foi atacado e levado pelo animal. Na briga com o urso, Alexander quebrou a coluna.

O homem foi encontrado por cães de caça. Quando os caçadores o viram pela primeira vez acreditavam que o ar úmido tinha mumificado o corpo. No entanto, logo depois, perceberam que ele estava vivo. Sem conseguir se lembrar de detalhes, Alexander disse apenas que bebia a própria urina para não morrer de sede, segundo o jornal Siberian Times.

Comentários do Blogger

0 Comentários