Compartilhe essa Notícia:

Em sessão do Tribunal do Júri, realizada no dia 1º, em Timon, Lailson Mesquita Silva foi condenado a 13 anos de reclusão pelo assassinato de Erismar Sousa, ocorrido em 7 de agosto de 2016.

O homicídio foi praticado na Rua Firmino Gonçalves Pedreira em frente à danceteria Time Som. O réu estava na garupa da moto da vítima e, premeditadamente, gesticulou para que Erismar manobrasse o veículo rumo à outra rua.

Naquele momento, Lailson desceu da motocicleta e disparou vários tiros com uma pistola 380, provocando a morte da vítima. Os jurados consideraram que o assassino usou recurso que impossibilitou a defesa da vítima e agiu por motivo torpe.

Atuou no julgamento a promotora de justiça Patrícia Fernandes Gomes Costa Ferreira. O júri foi presidido pelo juiz Rogério Monteles da Costa.

Comentários do Blogger

0 Comentários