Compartilhe essa Notícia:



Por conta de ações que visam na valorização da Polícia do Maranhão, o Governador Flávio Dino premiou diversos policiais por apreensões de armas de fogo em 2018. Presente na solenidade, o Secretário de Segurança Jefferson Portela, que destacou o reconhecimento aos policiais, com o aval do “Programa Pacto Pela Paz”. A premiação fora o reconhecimento pelo trabalho valoroso entre os policiais, os quais mais apreenderam armas de fogo na região metropolitana de São Luís. A solenidade aconteceu na manhã desta segunda-Feira (11), no Palácio dos Leões.

A premiação aos servidores, policiais civis e militares, pela apreensão de armas fogo, foi criado e instituída pela Medida Provisória, nº 219, de Março de 2016, convertida na Lei Estadual nº. 10.442/2016, e devidamente regulamentada pelo Decreto nº. 31.564/2016.

A Medida Legislativa do Governo do Estado visou a valorização do servidor policial, no seu mister laboral de dedicar-se a reduzir a criminalidade letal e violenta, notadamente àquela decorrente do uso de armas de fogo, tais como homicídios, latrocínios e lesões corporais, que compõe o CVLI – Crimes Violentos Letais e Intencionais.

Durante o evento de premiação aos policiais civis e militares, o Secretário de Segurança Pública ponderou na importância para a população, da apreensão das armas de fogo retirada das mãos dos criminosos e de pessoas sem o devido porte legal. Em solenidade na manhã desta segunda-feira (11), no Palácio dos Leões, Policiais Civis e Militares, os quais em serviço, mais apreenderam armas no ano de 2018.


O Secretário de Segurança pública Jefferson Portela, destacou, que “O reconhecimento do governo do Estado, aos homens e mulheres de retirar armas de fogo de circulação de janeiro a dezembro de 2018, foram 1.427 armas de fogo, apreendidas pelos nossos policiais militares e civis. Sabemos que este resultado dessa retirada, salva vidas e impede a prática de outros crimes, porque essas armas estavam em mãos ilícitas para a prática de crimes. Muitas vidas foram salvas, onde muitos homicídios deixaram de acontecer por estas ações dos policiais. Esse reconhecimento é muito importante. Foram R$ seiscentos mil reais em prêmios aos nossos policiais”, destacou o secretário.

O governador Flávio Dino, aproveitou o evento para acabar com especulações em relação a mudança no comando do Sistema de Segurança Pública do Maranhão. Após ressaltar a confiança e trabalho de Jefferson Portela. Ele ratificou sua permanência na Secretaria de Segurança, e completou dizendo que “Ele só não continua na pasta, se não quiser. Flávio Dino lembrou o sonho do secretário em ser candidato à Prefeito de Chapadinha, seu município de origem. Situação em que precisaria deixar a pasta, mas essa é uma decisão apenas de Jefferson Portela, que continua em alta com o governador”, ponderou.

Premiação aos policiais foi criado e instituída pela Medida Provisória, nº 219

A premiação aos servidores, policiais civis e militares, pela apreensão de armas fogo, foi criado e instituída pela Medida Provisória, nº 219, de Março de 2016, convertida na Lei Estadual nº. 10.442/2016, e devidamente regulamentada pelo Decreto nº. 31.564/2016.

A Medida Legislativa do Governo do Estado visou a valorização do servidor policial, no seu mister laboral de dedicar-se a reduzir a criminalidade letal e violenta, notadamente àquela decorrente do uso de armas de fogo, tais como homicídios, latrocínios e lesões corporais, que compõe o CVLI – Crimes Violentos Letais e Intencionais.

O Governo do Estado Flávio Dino cumpre rigorosamente com o pagamento das premiações aos servidores, os quais ao longo dos doze meses do ano, mais apreenderam armas de fogo e/ou artefatos explosivos. Cumpre salientar que a cada processo requerido a premiação é disponibilizada no contracheque do servidor policial.

Assim, decorridos 12 meses de um ano, em fevereiro do ano seguinte é realizada a apuração dos maiores vencedores da apreensão das armas de fogo e ou dos artefatos explosivos, entregando aos campeões, três de cada corporação (Polícia Civil e Polícia Militar)
Policiais civis e militares recebem premiação por apreensões de armas de fogo em 2018
Premiados por apreensão de armas de fogo

A premiação pela Polícia Civil:

Delegado de Polícia Civil – Leonardo de Carvalho Moreira.

Investigador de Polícia Civil – Merval Silva Azevedo Filho e o Investigador de Polícia Civil – Kleusson da Costa Silva.

A premiação pela Polícia Militar:

Sargento PM Joelson Lima da Rocha.

Sargento PM Manoel Pacheco de Azevedo Neto.

Solado PM Leyson Leonam Costa Lima.

Comentários do Blogger

0 Comentários