Denuncie

PMS SÃO ACUSADOS DE EXTORQUIR PESSOAS QUE SE APOSSARAM DE DINHEIRO DO ASSALTO DO BB DE BACABAL. UM FOI PRESO, O OUTRO CONSEGUIU FUGIR.

domingo, 27 de janeiro de 2019

Compartilhe esta Notícia


“Essas pessoas tomaram posse para combater o crime. E na verdade, estavam agindo como criminosos infiltrados na polícia” disse o Secretário de Segurança Jeferson Portela.

O policial militar Túlyo de Pádua Santos Ribeiro, lotado no 23º Batalhão de São Mateus do Maranhão e o SD Nascimento, do 15º BPM de Bacabal, lotado em Marajá do Sena, são acusados de extorsão as pessoas que se apossaram do dinheiro deixado para trás pelo bando que assaltou a central de distribuição do Banco do Brasil de Bacabal.

A operação para prender a dupla, aconteceu na madrugada deste sábado (26). O SD Túlyo de Pádua foi preso por uma guarnição do 15º BPM, mas o SD Nascimento conseguiu escapar do local do crime. Segundo a polícia, eles invadiram uma residência na Rua Clores Miranda, no centro da cidade, na tentativa de tomar dinheiro do casal que morava na casa, já que os PMs tinham informação de que as vítimas guardavam dinheiro do assalto.

Eles não usavam farda da policia no momento da ação criminosa . Com o militar foi encontrado R$ 1.900,00 (Mil e novecentos reais) e uma arma (pistola) da corporação usada na ação criminosa.
Já com a vítima foi encontrada a quantia de R$ 16.000,00 (Dezesseis mil reais), oriundos do assalto, segundo ela confirmou na delegacia.
Os dois policiais, /17, ingressaram na Polícia Militar através de liminar em 2017.

“Quando a gente prende um bandido infiltrado na polícia, não é nada feio para instituição. É ao contrário. É uma declaração que nós queremos moralizar as instituições”, concluiu Portela.
ATENÇÃO!
Todos os comentários abaixo são de inteira RESPONSABILIDADE EXCLUSIVA de seus Autores(LEITORES/VISITANTES). E não representam à opinião do Autor deste Blog.

0 comentários :

Postar um comentário