Compartilhe essa Notícia:

Um crime bárbaro, chocou a pequena cidade de Feira Nova, a 783 km de São Luís, uma idosa de 106 anos, identificada como Antônia Conceição da Silva, foi morta brutalmente a pauladas na madrugada deste sábado (17).
Dona Antônia morava com um Neto, que não estava em casa na hora do crime. A idosa teve sua casa invadida por assaltantes, que de forma audaciosa, entraram pelo telhado. Suspeita-se de latrocínio, de acordo com informações os criminosos tiraram a idosa que estava dormindo no sofá e arrastaram ela pela casa em busca de dinheiro, a idosa foi agredida até a morte.
A vasta quantidade de sangue leva a Polícia Militar a crer em espancamento por pauladas, já que o rosto da vítima estava completamente desfigurado
O corpo de dona Antônia foi encontrada já sem vida pelo neto, que teria voltado mais cedo de um seresta.
VÍDEO DE DONA ANTÔNIA AINDA EM VIDA
A população da pequena cidade, está revoltada, Dona Antônia era considerada um marco por toda a cidade.
www.enquantoissonomaranhao.com.br

Comentários do Blogger

8 Comentários

  1. De fato, um crime bárbaro, selvagem, monstruoso, cruel; desses de causar intensa repulsa social.

    Uma idosa completamente indefesa, brutalmente assassinada dentro da sua própria casa, segundo a Polícia, por supostos ladrões.

    Vemos todos os dias nas manchetes de jornais casos de crimes hediondos praticados com extrema violência e selvageria por motivos banais. É a banalização da vida que presenciamos diariamente e que, apesar de nos causar intensa revolta e comoção, tais crimes tornaram-se comuns, passando a fazer parte do nosso cotidiano !!

    O fato é que muitos desses delinquentes são bandidos reincidentes e insuscetíveis de ressocialização. Praticam os mais diversos e hediondos tipos de crime, são detidos e presos, passam uma "temporada" no presídio, comendo, bebendo e vivendo às nossas custas. Após cumprirem uma parte da pena, progridem de regime e pouco tempo depois são liberados e voltam às ruas para novamente matar, roubar, traficar até serem presos de novo, e o ciclo se repete. Fazem da cadeia uma colônia de férias.

    São bandidos vocacionados e irrecuperáveis, que já não conseguem mais se adaptar à vida em sociedade, que já não se prestam mais ao convívio social. São antes um peso para a sociedade, e um risco constante para nós outros, cidadãos de bem, que sobrevivemos de trabalho digno e honesto e respeitamos as leis.

    Num mundo como o nosso, onde os recursos naturais estão se escasseando, já passou da hora de exigirmos do legislativo federal a eliminação definitiva desses facínoras do nosso meio, pelo acréscimo no Código Penal brasileiro do instituto da Pena de Morte !!

    ResponderExcluir
  2. triste. esse mundo tá louco, em breve Jesus voltará.

    ResponderExcluir
  3. É nessa horas que Deus tira folga?
    Ou essa mulher tinha pecados a pagar aqui?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que comentário mais estúpido

      Excluir
    2. Pagou. 106 anos vivendo no Brasil. Coitada.lamentavel mesmo

      Excluir