O Hospital Geral de Peritoró recebeu equipamento de alta tecnologia para intervenções cirúrgicas guiadas por imagem. O arco cirúrgico possibilita a radiografia estática e oferece imagens dinâmicas de alta resolução, sendo possível visualizar as estruturas do paciente em tempo real. 

Nos três últimos meses, a unidade de saúde realizou 436 cirurgias na área de ortopedia. De acordo com o diretor administrativo, Otacílio Fernandes, com a demanda crescente na área de traumatologia e ortopedia, a chegada do equipamento trouxe um avanço significativo para a assistência aos pacientes. 

“Esse equipamento garante maior precisão às intervenções, além de reduzir o tempo de cirurgia. Vai beneficiar muito os atendimentos de ortopedia em Peritoró e toda a região. Não podemos deixar de agradecer ao Governo do Estado, Secretaria de Saúde e EMSERH pelo investimento. Agora não será mais necessário transferir os pacientes para outras unidades porque agora nós vamos executar os procedimentos. Isso foi um avanço muito grande para a saúde da região”, ressaltou Otacílio Fernandes.

Quinze pessoas já foram submetidas à cirurgia no Hospital Geral de Peritoró com o uso do novo equipamento. José Uenes Lopes da Silva, de 36 anos, é um desses pacientes. Com problemas na patela, fêmur e quadril, por causa de um acidente de moto, ele operou na unidade de saúde já com o novo recurso e comemorou a cirurgia. “Deu tudo certo; minha cirurgia foi um sucesso e eu já estou bem melhor”, avaliou o paciente.

“Com esse aparelho seremos capazes de ofertar um número maior de cirurgias aos usuários do SUS, bem como diminuir o tempo cirúrgico delas. Quem ganha diretamente com isso é o paciente, que não necessitará mais se deslocar para cidades polo ou capital para realizar esse tipo de procedimento. O hospital vai atender uma demanda maior de pacientes prestando uma assistência qualificada”, explicou o ortopedista da unidade de saúde, João Batista. 

O Hospital Geral de Peritoró compõe a rede da Secretaria de Estado da Saúde e é gerenciado pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH). Integra o fluxo de atendimento a pacientes na região dos Cocais, com referência para os casos de urgência e emergência em 24 horas. Possui 58 leitos de internação normal, seis leitos de UCI e dois leitos de isolamento, e atende urgência e emergência 24 horas.

Comentários do Blogger

0 Comentários