Compartilhe essa Notícia:


O Instituto Escutec traz pesquisa sobre a disputa eleitoral em Poção de Pedras. No levantamento, aparece em primeiro lugar com 53% das intenções de votos o candidato Francisco Pinheiro. Foram ouvidos na pesquisa 800 eleitores nos dias 7 a 9 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 90%.

No cenário estimulado, a pesquisa (que tem registro na Justiça Eleitoral com o número MA 05826/2020) mostra que Francisco Pinheiro tem 53% dos votos contra 37% de Jhulio Sousa. Em seguida aparece Berebô com 1%. Nenhum dos candidatos somou 4% e não sabe ou não respondeu, 5%. Na pesquisa espontânea, Francisco Pinheiro também aparece liderando. Neste cenário, ele tem 49% das intenções de votos. Em seguida vem Jhulio Sousa com 35% e o atual prefeito de Poção de Pedras, Junior Cascaria, - apesar de não disputar - foi citado por 2% dos entrevistados. O candidato Berebô somou 1%.

Em relação à rejeição dos candidatos, aparece em primeiro Jhulio Sousa com 44% da opinião dos entrevistados. Outros 34% disseram não votar em Francisco Pinheiro e 5% em Berebô. Nenhum dos candidatos somou 3% e não sabe ou não respondeu, 14%. 

Dia da votação

O Instituto Escutec questionou os eleitores sobre a ausência no dia da votação devido à pandemia do novo cornavírus. Disseram que podem não comparecer às urnas 9% dos entrevistados. Já 87% garantiram que votarão no dia 15 de novembro. Não sabe ou não respondeu somaram 4%. Já sobre mudança no voto, 17% dos ouvidos consideram que podem mudar o voto até o dia do pleito. Não mudariam o voto 78% dos entrevistados. Não sabe ou não respondeu somaram 5%. 

Aprovação

Quanto a aprovação da gestão do prefeito Junior Cascaria, 57% disseram que aprovam a atual administração de Poção de Pedras. Outros 37% afirmaram que desaprovam e não sabe ou não respondeu somaram 6%.

Comentários do Blogger

3 Comentários

  1. Será que o povo esqueceu do fracasso dos postes políticos. Poste político só tem obstáculos, não tem vantagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa prática se tornou comum de uns tempos pra cá. Querer eleger um poste para conseguir o terceiro mandato. Para que essa transferência de votos ocorra, é necessário se envolver diretamente na campanha, pessoalmente e financeiramente. Onde o poste foi eleito nunca acabou bem.

      Excluir
  2. Aí que vida meu amigos de poção...

    De um lado temos um fanfarrão que se auto intitula o líder que mais trabalhou por nossa população.

    Aí que vida meu amigos de poção...

    Juntamente com seu laranja indo em busca de vencer mais uma eleição.

    Aí que vida meu amigos de poção...

    Do outro temos um bobão, que de bobo só tem a cara, pois domina a arte de fazer casa rachada e até mesmo mansão.

    Aí que vida meu amigos de poção...

    Juntamente com o sabidão, que fez até o professor pardal pedir a benção ao colocar moto pra andar com diesel meu irmão.

    Aí que vida meu amigos de poção...

    Dizem por aí que o tal prefeito é tão bom que é uma máquina, essa máquina era a mesma que ia cortar os salários dos profissionais da educação?

    Aí que vida meu amigos de poção...

    Ainda temos uma “oposição” (situação disfarçada) pregando a tal da renovação, por onde estava a mesma ao longo desses quase 8 anos de gestão ? Se a mesma é tão ruim, por que só agora enxergaram ?

    Aí que vida meu amigos de poção...

    E pra finalizar deixo aqui uma reflexão, seria o Zé Leitão o melhor para o poção ?



    ResponderExcluir