Compartilhe essa Notícia:

Neste momento está acontecendo no Fórum de Esperantinópolis, o julgamento dos réus Glauber Farias Dias, Natanael Neres Ferreira e Romário da Silva Rocha, pelo assassinato de José Almir Mendonça, conhecido como "Branco".

O crime ocorreu no dia 20 de janeiro de 2015 por volta das 07:30 horas em São Raimundo do Doca Bezerra-MA. "Branco" residia no povoado Sumaúma, município de Barra do Corda-MA e trabalhava em São Raimundo do Doca Bezerra como secretário adjunto de agricultura e assessor da então prefeita, Arlene Pimenta. Branco foi assassinado com seis tiros, sendo três na face, um tiro no membro superior direito e dois tiros no membro esquerdo.

A promotoria é conduzida pelo Dr. Francisco Jansen Lopes Sales, a Assistente de Acusação, Dra. Elisangela dos Reis Sousa, e os Advogados de defesa foram Dr. Manoel Silva Monteiro Neto, Dr. João Alberto Rolim Mesquita, Dr. Fernando Antonio Costa Polary e Dr. José Teodoro do Nascimento. Se condenados, Glauber, Natanael e Romário podem cumprir pena no Complexo Penitenciário de Pedrinhas (São Luís) ou na Unidade Prisional de Ressocialização de Pedreiras.

Este júri já é um dos mais longos da história de Esperantinópolis e o veredito pode sair a qualquer momento. Aguarde informações aqui no Blog Carlos Barroso.

Comentários do Blogger

0 Comentários