Compartilhe essa Notícia:
UMA ARMA DE FOGO: SSP-MA APONTA QUE ESSA SERIA A MOTIVAÇÃO DA MORTE DOS PAIS DO DEPUTADO FEDERAL CLÉBER VERDE EM UMA FAZENDA NA CIDADE DE TURIAÇU
Na tarde desta quarta-feira (15), foi realizada na sede da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, uma coletiva de imprensa para apresentar um relatório parcial sobre o assassinato dos pais do deputado Cléber Verde, ocorrido na última terça-feira (14) na cidade de Turiaçu. Os dados foram explanados pelo secretário de Segurança Pública Jefferson Portela; pelo comandante geral da Polícia Militar Cel Pedro Ribeiro; pelo delegado geral de Polícia Civil Leonardo Diniz e pelo perito geral da Perícia Oficial do Maranhão Miguel Alves.

Segundo o secretário Jefferson Portela, quatro pessoas participaram diretamente dos crimes. O primeiro a ser morto foi Jesuíno Cordeiro Mendes que realizava a manutenção de uma cerca nos limites de sua propriedade, quando foi surpreendido pelos criminosos, e após uma possível luta corporal foi morto com uso de uma arma branca e de fogo. Em seguida o bando se deslocou até a casa sede da fazenda onde se depararam com Maria da Graça Cordeiro Mendes, morta a pauladas e por arma branca.

Ainda segundo Portela, os criminosos tiveram acesso a informação de que na propriedade havia uma arma de fogo (pistola), e essa seria a motivação do crime, subtraí a arma. Além da arma fogo, o bando roubou um aparelho de celular de uma das vítimas.

A Polícia Militar informou que os criminosos fazem parte de uma facção que atua na região com especialidades em roubar motocicletas, armas e em tráfico de drogas. Em uma operação recente, a polícia conseguiu apreender várias armas de fogo usadas pelos criminosos, deixando o bando sem armamentos, e por esse motivo precisavam recompor seu arsenal do crime.

Como resultado da operação de buscas aos criminosos após o crime, um homem identificado como Fábio da Conceição Cardoso “Fabinho”, apontando como o mentor do crime na fazenda, foi morto em confronto com a polícia. Ainda segundo com as autoridades policiais, tal indivíduo era altamente violento e com uma extensa ficha criminal de atos cometidos em Turiaçu e em cidades vizinhas.

O secretario Jefferson Portela ainda informou que 1(um) homem foi preso e um 1(um) adolescente apreendido, suspeitos de integrar a mesma facção, porém descartada a participação da dupla nos assassinatos.

Agora as forças de segurança continuam em diligências por terra e ar no intuito de localizar dois homens e 1(uma) mulher que participaram do crime e que estão foragidos. Sobre a participação do ex- caseiro da fazenda nos assassinatos, o secretário Portela informou que nada aponta a participação do mesmo, mas que mesmo assim, o ex-funcionário deve prestar seu devido depoimento.

Comentários do Blogger

0 Comentários