O Governo do Estado realizou, nesta terça-feira (9), a capacitação de coordenadores da Vigilância Epidemiológica municipais da Regional de Saúde de Bacabal para a utilização do Sistema de Notificação Covid-19 Maranhão. Além dos onze municípios que compõem a regional, a equipe da Secretaria de Estado da Saúde (SES) também já realizou a capacitação com o município de Grajaú. 

O objetivo do treinamento é sanar dificuldades quanto a divulgação dos casos positivos para o novo coronavírus, garantindo maior transparência e exatidão dos dados. De acordo com o assessor especial da SES e coordenador do Planejamento Regional Integrado (PRI), Allan Patrício, a plataforma irá diminuir a desigualdade de informações. 

“Há dez dias temos divulgado o serviço e a ideia é que, através da plataforma, possamos diminuir a desigualdade de informações e os ruídos que ocorrem entre os boletins. Com isso, vamos poder saber quase que instantaneamente, em qualquer lugar do Maranhão, o momento em que o município notificar um paciente como positivo para coronavírus”, disse Allan. 

Com a plataforma criada pela SES, os dados sobre a doença estarão mais próximos da realidade vivida pelos municípios, auxiliando na criação de estratégias de enfrentamento e transparência junto aos órgãos federais. Além da Região de Saúde de Bacabal, outras regionais do estado também serão visitadas pelos técnicos da SES. 

Para Jéssica Sobreira, coordenadora epidemiológica do município de Bacabal, o curso foi bastante proveitoso e facilitará o serviço já realizado pelos municípios. “Ele vai melhorar a precisão e a organização das informações, tanto para o município quanto para o estado”, destacou. 

Segundo Emanuel Rodrigues, coordenador de Vigilância Epidemiológica do município de Marajá do Sena, a plataforma promove agilidade na coleta e envio de dados. “Com o sistema vamos reduzir o gasto de tempo com trabalho manual com as fichas que a gente preenchia antes. Pelo fato de os dados ficarem hospedados em uma plataforma online, o acesso remoto também fica facilitado”, ressaltou. 

Fazem parte da Regional de Saúde de Bacabal os municípios de Altamira do Maranhão, Bacabal, Bom Lugar, Brejo de Areia, Conceição do Lago-Açu, Lago Verde, Marajá do Sena, Olho D’Água das Cunhãs, Paulo Ramos, São Luiz Gonzaga do Maranhão e Vitorino Freire. 

Sistema Notifica

A plataforma digital será usada pelas secretarias municipais de saúde dos 217 municípios maranhenses, principalmente pelos secretários e coordenadores municipais das vigilâncias epidemiológicas. Para alimentar a plataforma com informações, cada secretaria municipal deverá selecionar técnicos para atuarem de forma exclusiva ao trabalho. 

Para entrar no sistema, o servidor de saúde precisará fazer um login colocando CPF e senha cadastrados. Após fazer o login, o servidor municipal deverá clicar na opção “Notificação” para realizar buscas, exportar documentos e inserir novos dados que depois serão coletados pelo Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e que depois serão enviados ao Ministério da Saúde.

Comentários do Blogger

0 Comentários