Compartilhe essa Notícia:

Uma operação deflagrada pelas polícias Civil e Militar de Imperatriz, Viana e São Vicente Ferrer, resultou na prisão de 03 acusados, responsáveis pelo roubo, desvio e receptação de uma carga de arroz avaliada em R$ 100 mil reais. A operação resultante nas prisões iniciaram nesta sexta-feira (03), com a prisão dos dois motoristas. O receptador fora preso neste sábado (04).

A Operação conjunta aconteceu com a participação do 3º Batalhão de Polícia Militar, 36º BPM e a Delegacia Regional de Polícia Civil de Imperatriz, Viana e São Vicente Ferrer, onde desarticularam o roubo de cargas na região de Imperatriz e Viana. Nesta ação as policias recuperaram a carga de arroz. Os autores foram os próprios motoristas, os quais desviaram a carga, como se estivessem sido roubados, e as venderam posteriormente.

Os acusados registraram que tinham sido roubados no último dia 27/03/2020, na Cidade de Estreito. Eles mentiram que teriam sido roubados, inclusive foram à delegacia e informaram que haviam sofridos o roubo de Carga.

Os motoristas registraram o Boletim de Ocorrência na Cidade de Porto Franco, informando que as cargas que transportavam foram levadas. Na sequência, a transportadora entrou em contato com o 3º BPM da regiao, o qual repassou as informações para a

Polícia Civil. As investigações iniciaram, inclusive com o rastreio da carga roubada. No dia 03/04/ 2020 com os levantamentos feitos na Operação foi constatado que não se tratava de roubo, conforme relatado pelos dois motoristas no Boletim de Ocorrência. Mas, que os motoristas foram contratados previamente para desviar a carga avaliada em mais de 100 mil reais.

Carga avaliada em 100 mil reais, vendida por R$ 20 mil

A polícia descobriu, que os motoristas teriam desviados a carga para outro destino, forjando assim o roubo da carga. Os policiais localizaram os dois motoristas, os quais relataram ter realmente haver vendido as duas cargas com aproximadamente 80 toneladas de arroz, avaliada em R$ 100 mil reais, por cerca de R$ 20 mil reais. A carga foi vendida para um empresário, dono de um atacado e Distribuidor, localizado na cidade de São Vicente de Ferrer.

Os caminhões foram apreendidos e os motoristas foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil.

Ainda neste sábado (04), aconteceu, a segunda fase da Operação, onde foi desencadeada pela Delegacia Regional de Imperatriz, que acionou a Regional de Polícia Civil de Viana, juntamente com policiais militares do destacamento de São Vicente de Ferrer. Após diligências encontraram e prenderam o empresário, proprietário do Atacado e Distribuidor. No local foi encontrado grande parte da carga de arroz. A carga estava em um galpão onde foi verificada em se tratar do lote desviado pelos caminhoneiros.

Os envolvidos foram conduzidos para a Regional de Viana para a lavratura do flagrante pela prática criminosa. Eles permanecerão presos, à disposição da Justiça.

Comentários do Blogger

0 Comentários