Compartilhe essa Notícia:

Senado aprova convite para Greenwald falar sobre mensagens
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (3), um convite para que o ativista norte-americano Glenn Greenwald, editor e fundador do site Intercept.
Greenwald vai falar sobre a publicação de uma série de reportagens contendo mensagens atribuídas ao ministro da Justiça, Sergio Moro, e a procuradores da Operação Lava-Jato.
O requerimento foi de autoria do senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP).
O parlamentar alegou que o comparecimento de Greenwald é “fundamental para o esclarecimento de um assunto que vem trazendo enorme repercussão para o país”.
Para Randolfe, as mensagens publicadas pelo Intercept trazem “enorme preocupação no que diz respeito a uma possível condução e interferência pessoal de juízes e procuradores, que vão na contramão do princípio da imparcialidade”.

Comentários do Blogger

0 Comentários