Compartilhe essa Notícia:


A Polícia Civil da cidade de Barra do Corda, cumpriu mandados de prisão inerentes ao homicídio da Iolanda Pereira de Sousa, ocorrido em fevereiro de 2017 no Bairro Trizidela, quando a vítima chegava em sua residência após trabalhar vendendo comida nas festividades do carnaval.

Longo a Polícia Civil concluiu a prisão do pistoleiro Carlos Cesar, vulgo “NENEM” e com base no interrogatório do outro pistoleiro envolvido nessa execução, identificado como Antônio Francisco, vulgo “FOGOIÓ”, onde ambos confessaram tal assassinato, foi possível chegar ao agenciador do crime, o pistoleiro Luzivan Rodrigues, conhecido como “LUIZÃO”, bem como no mandante do mesmo, qual seja José Cleantes Almeida Moreira José, o “MARANHENSE”. Este último é irmão de Renato, ex marido de Iolanda.

Segundo as autoridades policiais, Renato foi assassinado pouco antes da ex esposa, sendo que alguns familiares do mesmo suspeitaram que o mandante do assassinato de Renato seria Iolanda, decorrente de supostas traições e o fato do mesmo ter descoberto essas traições e querer se separar de Iolanda.

Diante dessas suspeitas, “MARANHENSE” teria agenciado esse crime junto a “LUIZÃO” e este terceirizado a execução a “NENEM” e “FOGOIÓ” (executores confessos da vítima e que afirmam terem sidos contratados por “LUIZÃO”). Com base nessas informações a Polícia Civil de Barra do Corda representou na semana passada pela prisão de todos os envolvidos, tendo tal representação sido acolhida pela justiça local e os mandados devidamente cumpridos. Todos os envolvidos encontram-se encarcerados a disposição da justiça local.

Comentários do Blogger

0 Comentários