Compartilhe essa Notícia:

A Polícia Civil de Esperantinópolis concluiu que Antonio Pinto de Mota, de 55 anos, morreu por afogamento. O corpo dele foi encontrado na manhã desta segunda-feira (11), na comunidade de Lagoinha 1. 


Antonio Pinto de Mota o “Macaxeira”, era bastante conhecido em Esperantinópolis. Ele sofria com o problema de dependência alcoólica, mas era tido como uma pessoa pacata, sem inimizades e folclórica da boemia da cidade. Ele costumava procurar abrigo na casa de Chico Jovita. O açude, onde o corpo foi encontrado, fica localizado na fazenda do ex-prefeito. 

Os PM’s que foram chamados para retirar o corpo da água disseram que não havia marcas de violência. Segundo o investigador, a polícia não descarta a hipótese de suicídio.
O velório aconteceu ontem (11), na residencia de familiares na rua Vitorino Freire, logo após seu corpo foi enterrado no cemitério Municipal de Esperantinópolis.

Comentários do Blogger

0 Comentários