Compartilhe essa Notícia:


Foi dado início desde de segunda-feira (11),a uma operação realizada por Delegados da Polícia Civil da PAD (Processo administrativo Disciplinar), para investigação de possíveis atos de corrupção, do Delegado Idaspe Perdigão Freire Júnior, Suspeito de irregularidades envolvendo veículos e procedimentos na delegacia de Esperantinópolis. 

Os Delegados permanecerão na cidade de Esperantinópolis até sexta feira (15) para ouvirem cerca de 30 testemunhas que foram intimadas no processo. 

Perdigão foi preso no dia 8 de agosto de 2018 na sede da Delegacia de Polícia de Esperantinópolis, em seguida foi levado para São Luís e depois transferido para Cidade Operária aonde ficou preso do dia 8 de Agosto até 12 de Setembro, a partir desta data o Delegado teve a prisão revogada e foi determinado o uso de tornozeleira eletrônica. 

Depois de ter violado varias vezes o aparato de segurança no uso da tornozeleira, o Poder Judiciário decretou novamente a prisão preventiva do Delegado no dia 5 de janeiro. 

Logo após o encerramento das investigações do Processo Disciplinar e se for comprovada as irregularidades, Perdigão deverá perder o cargo de Delegado.

Resultado de imagem para Delegacia de policia civil de esperantinopolis

Comentários do Blogger

0 Comentários